Xadrez Paradesportivo

    Publicado por:  Marilia Costa Jordao

Hoje (09 de março), nossa escola teve o prazer de receber enxadristas campeões paranaenses nos jogos escolares na categoria b3 (baixa visão). O professor José Vagner, trouxe seus alunos Kaoane e Franklin que jogam na modalidade do paradesporto.

Os alunos do 3º ano C que jogam xadrez sob orientação da professora Gisele Carneiro tiveram a oportunidade de conhecer estes esportistas. A estudante Luany Vitória Mendes Moreira da Silva, que participou da vivência disse:

 - Eu gostei da visita deles, porque eu nunca tinha visto pessoas deficientes visuais jogando. Eles mostraram o tabuleiro do xadrez que eles usam para jogar. Ele é adaptado, a parte branca é um centímetro mais alta que a parte preta, as linhas e colunas são escritas com furinhos (braile). Foi bem legal!

“’O xadrez para cegos e deficientes visuais existe desde a década de 50 na Europa. No Brasil, as competições são organizadas pela Federação Brasileira de Xadrez para Deficientes Visuais (FBXDV), filiada à Internacional Braille Chess Association (IBCA).’’

Agradecemos a visita, as crianças ficaram ainda mais empolgadas com o xadrez!

Autor: Anísio Teixeira, EM | Fonte: Marilia Costa Jordão
00098825.jpg
x
1/5