Visita das contadoras de histórias da BIBLIOTECA PÚBLICA DO PARANÁ

    Publicado por:  Franciele Fitz

            Dando continuidade às atividades do Projeto de Leitura, em 07/08, foi realizada uma contação de histórias, onde as contadoras da Biblioteca Pública, Bianca e Gabriela, contaram a história da “Ratinha Vaidosa” com fantoches. Após, contaram a história “A Casa Sonolenta”, utilizando almofadas, onde lindamente fizeram o som de todos os personagens e ao final a Bianca comentou: “quem gostou desta história e quiser ouvir outras é só ir lá na biblioteca”.

            A audição de uma história de qualidade bem contada ou lida, oferece estímulos visuais e emocionais, que instigam a imaginação, criatividade, capacidade de discernimento e crítica, ajudando o ouvinte a ser protagonista de sua própria vida e preparando para o saudável exercício de sua cidadania.

            Foi um momento muito rico, foi uma mistura de olhinhos que brilhavam e sorrisos em meio ao encantamento, tudo em uma linguagem bem acessível às crianças. Ao final das apresentações, Helena (Pré I) comenta: “ Eu gostei mais da história que a ratinha casou com ratinho” (e fez gestos das mãos se encontrando). 

            No espaço externo, a professora é abordada por uma criança: “...então professora, quando vai ser contada a história naquela biblioteca e aonde que é mesmo, eu quero ir lá?” -  Henry Kauê (Pré II B).

            As sessões da “Hora do Conto” da Biblioteca Pública do Paraná acontecem de segunda a sexta-feira, em dois horários: às 11h e às 15h; aos sábados, às 11h. É um momento gratuito. A biblioteca fica localizada na rua Cândido Lopes, 133.

            Em nossa unidade, possuímos espaços em sala e na entrada do CMEI que disponibilizam variados livros e a leitura entre uma brincadeira e outra, oportunizando o direito de escolha e de ir e vir, inserindo a leitura espontânea em diferentes momentos e espaços com professoras e outras crianças. A leitura fruição é feita diariamente com as crianças, com o planejamento de diferentes espaços que oportunizem e despertem diferentes sensações, pois se entende que quanto mais se lê para crianças,  aumentam suas chances de ampliação da cultura. Com intuito de oportunizar acesso de todos a livros de qualidade, estamos realizando empréstimos de livros de interesse da criança, onde a família, de forma ativa, se torna cada vez mais partícipe, aliada na formação de pequenos leitores: “Profe sabia que minha mãe leu para mim ontem?”, relata Alexandre, do PRÉ I (sorrindo como quem conta um grande acontecimento).

 

 

 “...Nos dias de hoje encantar-se é preciso, a leitura nos faz sonhar, flutuar e até mesmo, voar, nos transporta para bem longe, e quando menos se espera estamos sorrindo, sentindo a brisa no rosto, a brisa lida no livro...Nem sempre a vida real é tão bela e querida como poderia ser;  a literatura pode ser comparada com o sol, que ilumina com seus raios que nos aquece, que traz esperança e nos faz sorrir...

     Era uma vez...”                                                                                             

                                                                       (Patricia Gonçalves)

 

 

Professoras Patricia e Marinês – Pré II B

Autor: Moradias Gramados, CMEI | Fonte: Professoras Patricia e Marinês Pré II B
00182946.jpg
Contação de histórias
1/9