Vilão Coxinha vai ao CMEI

    Publicado por:  Dayanne Fabrili Gomes de O. Adams Evangelista

Há algum tempo a professora Marleide da turma do Pré IIA tem trabalhado com a temática da alimentação saudável com sua turma. Após conversas com as crianças, fala da nutricionista Liziane para as professoras, receita de bolo de beterraba, visita na frutaria, foi a vez de receber a presença do teatro de fantoches da Guarda Municipal no CMEI, que ocorreu nesta última sexta-feira, 03 de agosto.

A peça trouxe para todas as crianças uma conversa entre os bonecos abordando as questões dos vilões da alimentação: os doces, as coxinhas, entre outros... Num diálogo divertido em que o vilão queria enganar a criança e trocar a fruta por coxinha, as crianças se indignaram e torceram para não serem enganados, todos compenetrados prestando muita atenção. 

De forma lúdica, uma parceria entre Educação e Segurança Pública, CMEI e Guarda Municipal trouxeram para as crianças este tema tão sério na sociedade atual, que têm obtido cada vez índices maiores de pessoas diábéticas, com colesterol elevado e alimentação nutricional pobre.

No CMEI, com dietas balanceadas, nossas crianças têm direito à uma alimentação saudável e pensada para parte de sua necessidade nutricional diária. Lembramos que, para além do CMEI, esta parceria deve também envolver as famílias, que em casa precisam cuidar com os alimentos que as crianças consomem.

Vão algumas dicas: evite uso de condimentos (vinas, hambúrgueres e chikens prontos), se possível escolha leite de pacote e não de caixinha, pois o de caixa é uma água branca; evite alimentos altos em sódio, eles tiram a água do organismo; prefira água e sucos naturais do que refrigerantes; não coma na frente da televisão... E pratique coisas boas: coma em família, sinta o sabor do alimento, converse e desligue celular e televisão; cozinhe junto com seus filhos, deixe uma memória olfativa para eles... Você lembra daquele cheirinho de lasanha que sua mãe fazia no domingo? Pense que memória seus filhos terão: Do macarrão instantâneo? Do sorvete pronto? Mais do que em qualidade de alimentação, invista em qualidade de vida com seus familiares.

Autor: Vila Osternack, CMEI | Fonte: Dayanne Fabrilli Adams Evangelista