VII Festival Sul-Americano da Cultura Árabe e VI Semana da Cultura Árabe - 2016

    Publicado por:  Paulo Henrique Machado
A participação dos povos árabes na construção e no desenvolvimento de Curitiba faz parte da programação da 7ª edição do Festival Sul-americano e 6ª da Semana da Cultura Árabe. A cerimônia de abertura dos eventos foi na noite de segunda-feira (21/03), no Farol do Saber Gibran Khalil Gibran (Memorial Árabe), no Centro. O evento faz parte das comemorações do aniversário de Curitiba.
 
A Semana da Cultura Árabe é realizada pela parceria entre a Secretaria Municipal da Educação e a Biblioteca e Centro de Pesquisa América do Sul-Países Árabes (BibliASPA). Durante três dias, foram realizadas palestras sobre a cultura, tradição e história dos povos árabes, mesa redonda e apresentações de música e dança. O objetivo é fortalecer o vínculo entre a cultura dos países da América do Sul e os povos árabes.
 
O diretor do Departamento de Tecnologia e Difusão Educacional da Secretaria Municipal da Educação, Marlon Terres, ressaltou a importância do evento que reverencia as contribuições dos povos árabes. “No mesmo período em que comemoramos o aniversário da nossa cidade, destacamos a chegada dos imigrantes árabes e sua trajetória de superação, deixando como legado exemplos de resistência e perseverança”, disse.
 
O evento também contemplou oficinas de escrita árabe e contações de histórias na Escola Municipal CEI Issa Nacli, no Uberaba. A escola está comemorando 40 anos e homenageia o patrono de origem síria.
 
Representante da Bibliaspa em Curitiba, Moafak Dib Helaihel destacou a importante parceria entre a instituição, especializada na difusão da cultura dos povos árabes, e a Prefeitura. “Divulgar nossa cultura é uma forma de apresentarmos as futuras gerações um pouco da história de imigrantes que colaboraram no desenvolvimento desta cidade e do país”, disse.
 
A palestra do primeiro dia foi com o egiptólogo e guia turístico Rafat Khalifa sobre o papel feminino na construção da civilização egípcia. Também houve apresentação de dança do ventre com a bailarina, coreógrafa e professora de dança Linda Hator. No segundo dia ocorreu a palestra sobre a história do Líbano com Moafak Dib Helaihel.
 
No terceiro dia, a mesa redonda intitulada “Refugiados: inserção e integração na sociedade” contou com as participações do pesquisador Mamed Younes Mohamed Mourad, o diretor de relações institucionais da Federação Árabe Palestina do Brasil (FEPAL), Ualid Rabah, e de representantes dos Direitos Humanos da Assembleia Legislativa e do Município.
 
O Farol do Saber Khalil Gibran Khalil é um dos espaços que compõe as 193 unidades da Rede Municipal de Bibliotecas Escolares de Curitiba. Foi construído em 1996, baseado na arquitetura árabe. O Farol do Saber é ao mesmo tempo um memorial em homenagem aos povos do oriente, mas é também um centro de inclusão digital e social.
Autor: Cláudia Muniz | Fonte: Agência de Notícias da Prefeitura de Curitiba