Tatuquara recebe o nono Farol do Saber e Inovação da cidade !

    Publicado por:  Ana Dariley Peters

O prefeito Rafael Greca entregou aos moradores do Tatuquara, nesta sexta-feira (26/10), o Farol do Saber e Inovação Dona Pompília, o nono da cidade a ser transformado em espaço maker, com impressora 3D. A inauguração foi um momento de festa, com a participação de estudantes e profissionais da Escola Municipal Dona Pompília, além de representantes da comunidade.

“É com alegria que comemoramos na Gleba da Ordem a transformação do Farol e a revitalização da escola bem-cuidada.  Agora o farol é espaço de inovação, estamos fazendo o que há de mais moderno no mundo”, disse o prefeito. “Queremos que os guris e gurias se liguem na ideia da leitura, da matemática, da informação, para termos uma cidade mais inovadora e moderna. Para que o menino e a menina construam seus brinquedos, assim sonhando e inventando seu futuro”, completou Greca.

A secretária da Educação, Maria Sílvia Bacila, destacou a criatividade dos estudantes da rede municipal de ensino. “Cada um dos faróis trouxe projetos diferenciados de pesquisa, resolvidos com tecnologia, criatividade e protagonismo", disse.

Obras

Durante a solenidade de inauguração do Farol do Saber e Inovação também foram entregues as obras de revitalização na Unidade de Educação Integral (UEI) anexa à escola.

O espaço da UEI, onde são atendidos 240 estudantes com atividades complementares, recebeu uma série de melhorias como implantação de grades e telas internas de proteção nas esquadrias, recuperação do forro de madeira, da cobertura e textura nas paredes externas. 

Farol

O Farol Dona Pompília foi inaugurado em dezembro de 1996, durante a primeira gestão de Rafael Greca como prefeito. Conta com 5.215 exemplares e registra mais de 4,4 mil empréstimos de livros por ano.

Os estudantes Luiz Rogério Gienski Neto, Gabriel Ungari Asseiman, Brayan Amaral Martins da Cruz e Ana Eduarda da Silva Menezes apresentaram ao prefeito o projeto orientado pela professora Maria Elena Soczek.  

O grupo pesquisou a evolução das ferramentas e transporte de cargas, a história das construções antigas e atuais, entre elas o próprio Farol do Saber. Parte do desafio foi modelar um guindaste hidráulico, criar um novo guindaste, um elevador, trenós e outros meios de transporte. As réplicas desenvolvidas pelos estudantes foram entregues ao prefeito e à secretária.

A estudante do 3º ano Ana Eduarda Menezes, 8 anos, ficou encantada com a possibilidade de construir pirâmides em três dimensões, usando materiais alternativos e de baixo custo. "Eu achei legal construir com as minhas mãos as imagens que estavam no livro e no computador", disse.

Inovação

Os Faróis do Saber revolucionaram a Educação quando foram implantados, há mais de 20 anos, durante a primeira gestão do prefeito Rafael Greca. Eles descentralizaram a rede de bibliotecas e receberam a primeira internet pública do país, possibilitando o acesso da população à rede mundial de informações, o que naquela época era um privilégio. Agora, os Faróis do Saber e Inovação são oficinas de criatividade com impressora 3D e espaço maker (mão na massa). 

Além do Dona Pompília, já foram transformados em Faróis do Saber e Inovação e entregues à população as unidades: Farol Rubem Braga (junto à Escola Municipal Rio Negro, no Sítio Cercado); Dante Alighieri (junto à Escola Vinhedos, em Santa Felicidade); Mário Quintana (junto à Escola Municipal Wenceslau Braz, no bairro Boqueirão); Fernando Amaro de Miranda (da Escola Municipal CEI Heitor de Alencar Furtado, na CIC); Herbert José de Souza (da Escola Municipal Marumbi, no bairro Cajuru); Manuel Bandeira (da Escola Municipal Herley Mehl, no Pilarzinho); Rocha Pombo (da Escola Papa João XXIII, no Portão); e José de Alencar (da Escola São Mateus do Sul, no Pinheirinho).

Até o fim do ano, outro espaço maker será entregue, desta vez na Regional Matriz, garantindo os equipamentos nas dez regionais da cidade.

Vale do Pinhão

A Prefeitura tem nos Faróis do Saber e Inovação o investimento em projetos, pesquisas, ideias e protagonismo. Os principais elementos destes polos de disseminação da cultura maker são a criação, colaboração, o pensamento crítico e a autonomia dos estudantes, que testam conhecimentos e habilidades que incorporam o conceito do Vale do Pinhão, o ecossistema de inovação da cidade.

Presenças

Também participaram do evento o administrador da Regional Tatuquara, Jadir Silva de Lima; o superintendente Executivo da Educação, Oséias Santos de Oliveira; o chefe do Núcleo da Educação do Tatuquara, Claudinei Aparecido Alberto; a diretora do Departamento de Ensino Fundamental da SME, Simone Zampier; a coordenadora de Tecnologias Digitais e Inovação, Estela Endlich; a coordenadora de Projetos, Andrea Barletta; a diretora da unidade, Rosângela de Cássia Munhoz, a vice Claudia Regina Altran Czarneski; o diretor do Museu da Escola, Cláudio Ogliari; o diretor-geral da Guarda Municipal, Odgar Nunes Cardoso; e o vereador Rogério Campos.

Autor: SME | Fonte: Prefeitura Municipal de Curitiba.
00264400.jpg
Farol do Saber e Inovação Dona Pompília.
1/7