Sistema Solar e suas proporções - descobertas na Prática de Ciência e Tecnologias

    Publicado por:  Gisela Willms de Oliveira

Os estudantes do ciclo II realizaram diversas atividades relacionadas ao estudo do universo na Prática de Ciência e Tecnologias com a professora Débora.

Dentre elas, uma que chamou muito a atenção dos estudantes foi a possibilidade de perceber a relação entre as distâncias e os tamanhos dos planetas em relação ao Sol.

Foram realizadas conversas e atividades sobre as distorções tanto no tamanho como nas distâncias entre os astros. Os estudantes puderam perceber que ainda predominam nos livros didáticos de Ciências, representações do sistema solar exageradamente apertadas, sem a proporção das distâncias reais.

Para dar uma visão concreta do tamanho dos planetas e do sol, foi representado o Sol por uma esfera de 80 cm de diâmetro e com massinha de modelar os planetas foram representados na mesma proporção, por esferas no seguintes diametros: Mercúrio 2,9mm; Vênus 7,0 mm, terra 7,3mm, Marte 3,9 mm, Júpiter 82,1mm, Saturno 69,0 mm, Urano 29,2 mm e Netuno 27,9 mm. Em seguida foram realizadas as medições das distâncias também proporcionais à escala real, que precisou romper com o espaço da sala chegando ao corredor.

O principal objetivo desta atividade é exatamente contornar essas distorções, permitindo uma melhor visualização das diferenças de tamanho e dos enormes "vazios" que existem entre o Sol e os planetas do Sistema Solar. Com esta representação é fácil notar, por exemplo, como as distâncias entre os planetas externos (Júpiter, Saturno, Urano e Netuno) são muito maiores que as distâncias entre os planetas internos (Mercúrio, Vênus, Terra e Marte).

Autor: Gisela Willms de Oliveira | Fonte: CEI Raoul Wallenberg
00362948.jpg
Sistema Solar
1/6