"Se as coisas fossem mães" um trabalho de carinho e ternura.

    Publicado por:  Marianita Truch Klamas

Um aconchego, um carinho, um jeitinho todo único de amar... A palavra mãe consiste em mais do que quem gestou uma vida, é a pessoa que deu o significado de ser uma pessoa; uma criança que é amada. Esse lindo papel é feito por mães, pais, avós, tios e tias dentre tantos outros que especialmente escolhem ser o conforto e segurança aos pequenos que neste mundo estreiam!

Com a mesma delicadeza deste grande amor o CMEI Vila Torres escolheu preencher os corações e as mentes de nossos pequenos com a literatura de Sylvia Orthof no livro “Se as coisas fossem mães”, voltado para todas essas pessoas que intensamente acomodam tudo que há de especial no viver.

Com uma linguagem coloquial e bem humorada Sylvia Orthof desperta a imaginação das crianças, falando sobre como cada objeto ou elemento citado no livro esta ligado aos outros com a afetividade e alegria. Cada turma do CMEI escolheu uma parte do livro para comtemplar todo o livro com atividades que se transformaram em ternura para cada família do CMEI, com lembrancinhas e cartões.

Um conceito de mãe puro e de doçura que demonstra os sacrifícios que todos que trazem em si o papel de mãe realizam pelos seus pequenos, colocando elementos do imaginário infantil para demonstrar como lua, chaleira, bruxa, fada, sereia, mesa, casa acolhem seus filhos.

O CMEI Vila Torres deseja um magnífico dia das mães para todas as pessoas que representam na vida dos pequenos uma mãe! Uma terna homenagem também as nossas profissionais, que com o pedagógico também procuram passar o aconchego e ensinamentos maternos no cotidiano de nosso espaço educacional. 

Autor: Marianita Truch Klamas | Fonte: Turmas e Equipe Pedagógico/Administrativa CMEI V.T
00036123.jpg
Após a leitura do livro houve a confecção de painéis de cada turma, do Berçário ao Pré, contando a história pelos corredores do CMEI. As crianças do M
1/8