Resultados do cadastramento escolar saem em duas datas

    Publicado por:  Maria Duarte

No próximo dia 31/10, as famílias que cadastraram estudantes para uma unidade da rede pública municipal no 1º ano do Ensino Fundamental poderão conferir o resultado e saber para qual unidade a criança foi encaminhada. A partir do resultado é só confirmar a matrícula para 2020.

Já quem fez o cadastro para o pré (crianças de 4 e 5 anos) deverá aguardar até o dia 20/11 para saber o resultado que indicará a unidade.

O superintendente executivo da Secretaria Municipal da Educação, Oséias Santos de Oliveira, explica que a divulgação do resultado foi postergada devido à ampliação de prazo para cadastro, que se estendeu até 30/09.

“Esse tempo é necessário para a organização interna e posterior do resultado”, explicou Oséias.

“É a partir desse cadastramento de crianças e estudantes que vêm da rede particular ou de outras cidades que a administração organiza o número de turmas, professores, infraestrutura e fornecimento de alimentação, necessários para o próximo ano letivo”, completa o superintendente.

“Além disso, com o novo edital para os Centros de Educação Infantil contratados, vamos absorver a demanda de 4 a 5 anos, o que requer nosso cuidado para que todas as crianças tenham garantido o atendimento”, esclareceu.

Troca de unidade

Dias 12/11 a 13/11 poderá ser feita a troca de unidade para quem prefere outro estabelecimento diferente do apontado no resultado para o Ensino Fundamental, conforme a disponibilidade de vagas.

E nos dias 2 e 3/12 fica aberto o prazo para quem trocar de unidade no pré.

As matrículas de crianças e estudantes ainda não cadastrados na pré-escola no Ensino Fundamental podem ser feitas a partir do dia 4/12, diretamente nas unidades.

A distribuição de vagas é realizada a partir da indicação da unidade e do endereço da família. A intenção é viabilizar a matrícula na unidade mais próxima de casa.

Esse cadastramento foi voltado somente às crianças que ainda não estudam na rede municipal. As que já estão matriculadas em escolas ou Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs) não precisaram se cadastrar, pois seguem o fluxo normal ao mudarem de ano, bastando confirmar a matrícula posteriormente.

Matrícula

A diretora do Departamento de Planejamento, Estrutura e Informações da secretaria, Beth Dubas, reforça que o cadastramento não representa a efetivação da matrícula. “Depois do resultado, as famílias recebem orientações para a matrícula, que deve ser feita na unidade, com a documentação da criança”, explica Beth.

Autor: SME | Fonte: SME