Escola Municipal Irati, Escola Municipal

logo escola

Reinauguração UEI Irati II

    Publicado por:  Vera Lucia Stupp Oedmann

Revitalizar espaços escolares é uma das estratégias da Prefeitura de Curitiba desde 2013 para garantir ambientes que estimulam a aprendizagem. Mais de 312 instalações da rede municipal de ensino passaram por reformas, entre elas a Unidade de Educação Integral (UEI) Irati II, no Conjunto Mercúrio, no Cajuru. A entrega da obra de revitalização do espaço foi nesta segunda-feira (2) durante cerimônia de comemoração preparada por alunos e professores.

A UEI é um espaço para ampliar a permanência escolar dos estudantes, que no período do contraturno recebem acompanhamento pedagógico, participam de práticas educativas, ambientais, de movimento e iniciação desportiva. As crianças também são envolvidas em práticas artísticas, ciências e tecnologia da informação e comunicação.

A reforma incluiu obras de ampliação da unidade, com substituição da cobertura, piso interno, adequação de área internas para refeitório e almoxarifado, reforma de banheiros, troca do alambrado por muro palito, novo portão e calçamento, recuperação do parquinho e a implantação do Bosque da Literatura.

“Embora estejamos vivendo um momento desafiador para todo o país, Curitiba está revitalizando e ampliando os espaços de atendimento ao cidadão. Neste ano, investiremos R$ 1,5 bilhão na Educação, valor que corresponde a aproximadamente 20 pontes estaiadas ou a pavimentação de mil quilômetros de vias da cidade. Porém, a opção feita por essa administração foi investir na educação para garantir um melhor futuro para as pessoas”, disse o prefeito Gustavo Fruet, durante a entrega da unidade. 

Durante a cerimônia, Fruet recebeu da secretária municipal da Educação, Roberlayne Borges Roballo, a Medalha Paulo Freire, honraria do Ministério da Educação concedida a Curitiba pelo programa de educação de jovens e adultos, o Projeto Cereja.

Na avaliação da secretária, a revitalização da UEI foi fundamental para reforçar a unidade como espaço para ampliação de conhecimento e repertório. “Essa administração priorizou a educação. A valorização da escola pública passa por diferentes ações, como novos planos de carreira, valorização de projetos pedagógicos sólidos, reformas e melhorias na infraestrutura dos equipamentos e gestão compartilhadas com as famílias”, disse.

A articuladora do UEI, Cristiane Soares Grippi, responsável pela equipe de trabalho da unidade, lembra que a revitalização favorece a aprendizagem a partir da ampliação dos espaços. “O Bosque da Literatura é muito importante. Sua estrutura com colchonetes e caixas de livros colocadas sob as árvores será um lugar para o desenvolvimento de novos trabalhos com as crianças”, observa.

O marceneiro Ataíde Aparecido do Amaral é pai de Rafael Vilasboas, de 7 anos, estudante do 3º ano da escola e atendido no turno da tarde na UEI. Amaral é pai parceiro, que ajuda em pequenos reparos e na manutenção dos móveis. “Ficou 100%. Conseguiram deixar o que era bom ainda melhor. Meu filho é uma nova criança desde que começou a participar das atividades na UEI”, conta. Rafael também aprovou a reforma. “Ficou muito legal, gosto de tudo. Mas especialmente das atividades de astronomia”.

A UEI Irati II é um dos três espaços onde 270 estudantes da escola Irati são atendidos com atividade de contraturno escolar. Nesta unidade, são atendidas 90 crianças de 6 a 10 anos. O investimento para a reforma foi de R$ 119.722,19.

Entre os projetos desenvolvidos na Irati II estão xadrez, coral, flauta, percussão, a Oficina de Astronomia, o projeto TIM faz Ciência e o Programa Conhecer para Prevenir. O estímulo à leitura é outra ação desenvolvida por meio dos projetos Ler e Pensar, De olho no Irati, que orienta para a produção de jornais e outras voltadas à saúde e integração com as famílias.

Fazer dos espaços ambientes voltados à aprendizagem está entre as especialidades das professoras que trabalham no local. Trabalhos desenvolvidos e colocados em exposição nas paredes da unidade revelam como o tempo passado na UEI é bem aproveitado pelas crianças. As apresentações de música e do Coral Encantar também serviram para apresentar parte do que os estudantes aprendem por lá.

Estiveram presentes na cerimônia de entrega da obra o presidente do Ippuc, Sérgio Póvoa Pires; o vereador Serginho do Posto; o administrador da Regional Cajuru, José Ribeiro; além de chefes de núcleo da educação e profissionais da área.

Autor: Irati, EM | Fonte: E. M. Irati, Cidade do Conhecimento