Quem disse que lugar de criança não é no museu?

    Publicado por:  Aparecida do Rocio Almeida Fernandes

Nesse, é sim!!  A turminha do pré II do CMEI Oswaldo Cruz II descobriu isso no último dia 13 de junho, quando foi contemplada pelo Programa Linhas do Conhecimento para uma proposta de Ampliação Cultural no MUMApara visitar a exposição Criaturas Fantásticas.

No local, tiveram a oportunidade de conhecer os espaços e registrar com seus tablets cada um deles.  Mas, o que as crianças não esperavam é que as tais Criaturas Fantásticas seriam elas. Sim, isso mesmo, a exposição é um espaço de descobertas onde as crianças podiam interagir, tocar em tudo e brincar livremente, conforme externou o Anthony Emmanuel: “Não sabia que existia torre de almofadas!”Segundo as professora Tatiane Jess Monteiro, “os olhos das crianças brilharam quando ouviram que nessa Exposição eles podiam tocar em tudo, ou melhor, nessa exposição as obras de arte, eram eles mesmos”.

Esta foi uma exposição que proporcionou grandes sensações, onde as crianças puderam sentir, experimentar e imaginar muitas experiências, como disse a Júlia Caroline: “Profe, a gente brincou e se divertiu muito, até cansar!”

A turminha foi contemplada com a visita por estar trabalhando com algumas obras de Arte e seus Artistas, o que despertou neles a curiosidade em saber como seria um Museu e o que teria dentro dele. As professora, então,apresentaram imagens e vídeos de alguns dos museus onde estavam as obras de arte. Além de ressaltarem para os pequenos os comportamentos tradicionalmente praticados nos museus, como: observar as obras com atenção, tomar cuidado com as lindas obras expostas, entre outras posturas que colaboram para a formação de cidadãos capazes de conhecer, cuidar e amar sua cidade e todo o patrimônio disponível em seus espaços. Para a professora Amanda Pedrinifoi “um mundo mágico que mexeu com a imaginação das crianças!”

A diretora Priscila observa que, “poder levar as crianças a vivenciar essas experiências únicas é mais do que prazeroso, é inesquecível. O Programa Linhas do Conhecimento faz toda a diferença na ampliação cultural oportunizada em novos espaços de aprendizagem e aquisição de conhecimentos”.

Autor: Aparecida do Rocio Almeida Fernandes | Fonte: NRECIC
00225421.jpg
4
1/9