Projeto Mãos Dadas: Infância e Grupo de Convivência da Melhor Idade

    Publicado por:  Suelen Cristina Mira Rosa

A Escola Municipal Paulo Rogério Guimarães Esmanhoto está desenvolvendo o "Projeto Mãos Dadas: Infância e Grupo de Convivência da Melhor Idade", idealizado pela professora Silvia Cristina Teixeira Santos, com início em 2016. O projeto nasceu pensando na questão do envelhecimento da população brasileira, que é crescente, as pessoas com 60 anos ou mais em 2013 representavam 13% da população segundo IBGE. A estimativa da Organização Mundial da Saúde é que as pessoas da terceira idade somarão 50% da população em 2050. Diante deste cenário, a Educação não deve ser indiferente.

A proposta é desenvolver a temática Declaração dos Direitos Humanos, especificamente a Lei nº 10.747, de 1º de outubro de 2003, que dispõe sobre o Estatuto do Idoso e dá medidas de proteção. A escola trabalha para construir um mundo melhor para se envelhecer, incentivando os estudantes a valorizarem os idosos em toda sua potencialidade de vida e experiência, pois ser criança é mera condição na etapa vitalícia.

O projeto Mãos dadas idealiza a concretização da convivência de diferentes gerações, com estudantes do ciclo II do Ensino Fundamental e Grupo de Convivência da melhor idade da comunidade Nossa Senhora da Luz da Cachoeira, unidas pelo simples prazer de amar o próximo, compartilhando conhecimentos e habilidades, motivados pela troca de saberes.

São objetivos do projeto: Propiciar momentos de descontração e lazer; Fortalecer a boa convivência entre gerações; Resgatar valores; Moldar ouvidos, aguçando sensibilidades; Compreender o outro na sua diversidade; Estreitar diálogo, acolhimento; Praticar ações democráticas e de cidadania.

No dia 06/10/2017 (sexta-feira) aconteceu o encontro desse ano, no salão da Igreja Nossa Senhora da Luz da Cachoeira. A turma do 5º ano B, com a participação da professora Vanderlene Costa, abraçou o projeto e não mediu esforços para enriquecer o evento. A receptividade do Grupo de convivência da comunidade foi espetacular,  prepararam cuidadosamente cada detalhe, incluindo exposição de itens antigos. Estudantes receberam uma aula de história, percebendo na prática, as diferenças de antigamente: torrar café, moer café torrado, passar roupa, entre outros. Nossos estudantes também demonstraram carinho e empenho em cada ação a fim de que a integração ocorresse agradavelmente, realizando: leitura da Carta Retrospectiva, do encontro de 2016; Teatro com encenação da realidade dos idosos no Brasil e expectativas; e canção encenada "Pano Encantado".

Assim concretizou-se mais uma etapa do projeto, pelo simples prazer de amar o próximo. Tarde de motivação, emoção e fortalecimento da convivência entre diferentes gerações.

Autor: NRE Bairro Novo | Fonte: NRE Bairro Novo
00154600.jpg
NRE Bairro Novo
1/5