PROGRAMA LINHAS DO CONHECIMENTO - JARDINS DE MEL

    Publicado por:  Luciana Brustolin Biscaia

A proposta virtual do PROGRAMA LINHAS DO CONHECIMENTO dessa semana apresenta os JARDINS DE MEL. Implantados em vários espaços de Curitiba, seu objetivo é a divulgação das abelhas nativas sem ferrão, responsáveis por cerca de 90% da polinização das plantas brasileiras. 

Na ESCOLA DOM MANUEL DA SILVEIRA D'ELBOUX desde 2016 o projeto pedagógico de sustentabilidade ganhou a presença de abelhas nativas sem ferrão e a empolgação dos alunos, que viraram pesquisadores das conexões naturais entre uma horta, o jardim e abelhas.

Depois de ter organizado a horta da escola juntamente com os estudantes, a professora Silmara Bertolino descobriu um ninho das miúdas abelhas jataí, espécie nativa brasileira sem ferrão. Elas se instalaram “voluntariamente” num tronco de árvore dentro da escola.

As abelhas foram imediatamente “adotadas” pela escola e pelo projeto e a professora trabalhou o conteúdo com os alunos e estimulou  a pesquisa sobre abelhas sem ferrão.

Os estudantes fizeram iscas para atrair outros ninhos e acabaram conseguindo uma “muda” de jataí, que se desenvolveu bem.

Para alimentar as abelhas, algumas flores foram plantadas, formando um pequeno jardim de mel. 

Devido à pandemia, desde o ano passado os estudantes não viram mais o Jardim de Mel, mas as abelhas jataí continuam seu percurso natural e presentes no espaço escolar.

 

Assista o Programa Linhas do Conhecimento:

JARDINS DE MEL - PROGRAMA LINHAS DO CONHECIMENTO

Autor: Luciana Brustolin Biscaia | Fonte: Linhas do Conhecimento - Escola Dom Manuel
00292295.jpg
JARDINS DE MEL
1/1