Programa Conhecer Para Prevenir

    Publicado por:  Tatiane Gonçalves Justen

Nossa Unidade está inserida no Programa Conhecer Para Prevenir (CPP). O CPP oferece subsídios à realização de ações para prevenção e preparação contra possíveis acidentes e desastres, por meio da aplicação de conceitos fundamentais de defesa civil no currículo escolar e também da implementação de planos de preparação para emergências locais (PPEL) nas unidades da Rede Municipal de Ensino de Curitiba. Desde o ano de 2012 realizamos treinamentos para o nosso simulado de incêndio. O ponto de concentração de nossa escola é o campo de futebol situado à rua Leonildo Burbello, atrás da escola.

EXERCÍCIO DE ALERTA

  • Os exercícios de combate ao fogo deverão ser feitos periodicamente, objetivando:

a) que o pessoal grave o significado do sinal de alarme;

b) que a evacuação do local se faça em boa ordem;

c) que seja evitado qualquer pânico;

d) que sejam atribuídas tarefas e responsabilidades específicas aos empregados;

e) que seja verificado se a sirene de alarme foi ouvida em todas as áreas.

  • Os exercícios deverão ser realizados sob a direção de um grupo de pessoas, capazes de prepará-los e dirigi-los, comportando um chefe e ajudantes em número necessário, segundo as características do estabelecimento.
  • Os planos de exercício de alerta deverão ser preparados como se fossem para um caso real de incêndio.
  • Nas fábricas que mantenham equipes organizadas de bombeiros, os exercícios devem se realizar periodicamente, de preferência, sem aviso e se aproximando, o mais possível, das condições reais de luta contra o incêndio.
  • As fábricas ou estabelecimentos que não mantenham equipes de bombeiros (no nosso caso) deverão ter alguns funcionários, (equipe de combate), especialmente exercitados no correto manejo do material de luta contra o fogo e o seu emprego.

Estas são normas que estabelecem as condições mínimas para a elaboração de um programa de brigada de incêndio, visando proteger a vida e o patrimônio, bem como reduzir as consequências sociais do sinistro e dos danos ao meio ambiente.

Em caso de simulado ou incêndio adotar os seguintes procedimentos:

  •   manter a calma;
  •   caminhar em ordem sem atropelos;
  •   não correr e não empurrar;
  •   não gritar e não fazer algazarras;
  •   não ficar na frente de pessoas em pânico; se não puder acalmá-las, evite-as. Se possível, avisar um brigadista.
  •   nunca voltar para apanhar objetos;
  •   ao sair de um lugar, fechar as portas e janelas sem trancá-las;
  •   não se afastar dos outros e não parar nos andares;
  •   levar consigo os visitantes que estiverem em seu local de trabalho;
  •   sapatos de salto devem se retirados;
  •   não acender ou apagar luzes, principalmente se sentir cheiro de gás.
  •   deixar a rua e as entradas livres para a ação dos bombeiros e do pessoal de socorro médico;
  •   ver como seguro o local predeterminado pela brigada e aguardar novas instruções.

Com estas palestras e treinamentos regulares, proporcionamos aos alunos conhecimentos básicos sobre prevenção, isolamento e extinção de princípios de incêndio, abandono de local com sinistro, além de técnicas de primeiros socorros. 

Autor: Tatiane Gonçalves Justen - Antônio Pietruza, EM | Fonte: ABNT- Associação Brasileira de Normas Técnicas
00079177.jpg
Programa Conhecer Para Prevenir
1/16