Prefeitura convida instituições de ensino para reunião nesta semana

    Publicado por:  Claudia Pereira Muniz

A Secretaria Municipal da Educação receberá, nesta semana, as instituições de ensino já contratadas e as que têm interesse no novo edital de credenciamento para atender crianças de zero a três anos.

O objetivo é esclarecer dúvidas e dar informações sobre o novo processo de credenciamento, válido a partir de 2020.

“Uma equipe técnica da Comissão Organizadora estará à disposição das instituições educacionais interessadas  para esclarecer possíveis dúvidas em relação ao edital, publicado no último dia 26”, disse o superintendente Executivo da secretaria, Oséias Santos de Oliveira.

A reunião com as instituições, atualmente contratadas, será na terça-feira (8/10), de manhã às 9h e à tarde às 15h. Já as que não mantêm contrato mas, têm interesse em se habilitar para o atendimento da educação infantil (0 a 3 anos), serão recebidas às 18h, da quarta-feira (9/10). Estes encontros acontecerão na sede da SME, no Alto da Glória, na Avenida João Gualberto, 623 - 3º Andar.

As instituições educação infantil interessadas em participar do processo de credenciamento devem apresentar a documentação entre os dias, 29 de outubro e 1.º de novembro de 2019.

Novo modelo

O novo edital, que prevê a contratação de 6,4 mil vagas, é mais uma estratégia da Prefeitura de Curitiba com a finalidade de credenciar instituições de ensino privadas e/ou comunitárias com a oferta de vagas para atendimento às crianças de 0 a 3 anos cadastradas na lista de espera da Secretaria Municipal da Educação.

“Com o encerramento do contrato de prestação de serviços das atuais instituições, que acaba em dezembro, tínhamos que fazer outro edital. Então, a partir de definições estratégicas da própria secretaria, decidimos lançar um edital que prioriza a faixa etária de zero a três anos!”, explicou Oséias.

As informações para o credenciamento estão disponíveis no Diário Oficial 185, republicado no Diário Oficial 191 em 04 de outubro de 2019.

As vagas devem contemplar a execução de todas as atividades e serviços necessários ao bom atendimento às crianças encaminhadas pelo município. Podem participar todas as entidades educacionais privadas e/ou comunitárias situadas em Curitiba e, devidamente autorizadas, para esse tipo de atendimento.

A Prefeitura investirá, ao ano, o valor de R$4,3 mil (meio período) e, R$8,6 mil (integral) por matrícula realizada. O valor previsto tem como base os 200 dias letivos.

CMEIs

Desde o início de 2017, a administração municipal já colocou em funcionamento 16 CMEIs. Doze tinham sido inaugurados pela gestão anterior, mas sem condições de atendimento, por falta de infraestrutura e profissionais.

Além de servidores da educação chamados para compor as equipes, foram adquiridos móveis, eletrodomésticos, cobertores, colchonetes e material pedagógico.

No total, essas novas unidades ampliam a capacidade da rede em 2,4 mil vagas. Elas estão aumentando o volume de atendimentos paulatinamente, com aberturas de turmas neste período.

As turmas são definidas conforme a demanda da comunidade (berçário, maternal e pré), por isso é necessário que os pais/responsáveis mantenham o cadastro da criança atualizado.

Autor: SME | Fonte: Educação Infantil