Prazo para interessadas recorrerem segue aberto até quinta-feira (7/11)

    Publicado por:  Maria Duarte

As instituições de ensino privadas ou comunitárias que foram inabilitadas no novo edital podem apresentar recursos à Prefeitura de Curitiba desde esta terça-feira (5/11) até quinta (7/11). Esse prazo faz parte do processo de definição das contratadas que ofertarão vagas de educação infantil a partir de 2020.

A lista das habilitadas e inabilitadas foi divulgada no Diário Oficial de segunda-feira (4/11).

Ao todo, 99 instituições de ensino interessadas em ofertar vagas para crianças de zero a três anos de idade apresentaram a documentação à Prefeitura. O prazo foi encerrado na sexta-feira (1º/11). A documentação apresentada e os recursos são analisados pela Comissão de Avaliação e, posteriormente, será definida a lista final de prestadoras do serviço.

A homologação será no dia 11/11.

Mais vagas

O novo edital, lançado em setembro, substituirá o atual, que vence em 31/12/2019. O objetivo da administração é ampliar a oferta de atendimento na educação infantil, além e elevar os valores pagos pelo serviço.

Serão cerca de 2,3 mil as vagas de educação infantil (0 a 5 anos) a mais, reforçando principalmente o atendimento para crianças de 0 a 3 anos de idade. Essas vagas se somam às 30 mil crianças atendidas atualmente na educação infantil pelo município.

“São 87 instituições de ensino habilitadas e outras 12 instituições inabilitadas que, poderão recorrer do resultado apresentado até o dia 7”, disse o superintendente Executivo da Educação, Oséias Santos de Oliveira.

O novo edital, que prevê a contratação de 6,4 mil vagas, é mais uma estratégia da Prefeitura de Curitiba com a finalidade de ampliar o atendimento às famílias que precisam de vaga em creche.

Desde o início de 2017, 16 CMEIs foram colocados em funcioanmento. Doze tinham sido inaugurados pela gestão anterior, mas sem condições de atendimento, por falta de infraestrutura e profissionais. No total, essas novas unidades ampliam a capacidade da rede em 2,4 mil vagas.

Além de servidores da educação chamados para compor as equipes, foram adquiridos móveis, eletrodomésticos, cobertores, colchonetes e material pedagógico.

Leia mais

Atendimento em creches: 99 entidades se apresentam em novo edital que rege o serviço

 

Autor: SME | Fonte: SME