Pizzaria Caiuá Ilhéus

    Publicado por:  Paula Francyelle Moreira Pedroso

"Um jogo ensina apenas a seguir regras para atingir um objetivo?"

No CMEI Caiuá Ilhéus, uma proposta bem elaborada deu inúmeras possibilidades para a turminha do Pré II.

Uma lembrança de brincadeira da professora com seus filhos na infância, (do jogo Pizza Maluca), deu vazão a um planejar que tinha como um dos objetivos não ter um produto final. Os objetivos eram algo tão simples e tão complexo: brincar, criar, imaginar, explorar, ou seja, apenas ser criança.

Na "Pizzaria do Caiuá Ilhéus", - nome escolhido democraticamente por eles - tem atendente, pizzaiolo, garçom, clientes, motoboy.

Tem cardápio, caixas de pizza, ingredientes, avental, tem forno à lenha. Ora criado por eles, ora com uma maõzinha amiga das professoras.

O mais interessante é refletir como as crianças conseguem se organizar para fazer a brincadeira ter significado. 

- "Eu atendo o telefone, ele entrega a pizza, é o motoqueiro" diz Sophia.

- "Sou Motoboy". Responde Paulo.

E pro adulto, sobra o que? Dar oportunidades... oferecer materiais diversos, pensar e repensar no tempo e no espaço.

E acaba por aqui? Certamente não, a pizzaria tem muito ainda à crescer. Por isso a ideia da "Caixinha de Sugestões". Com essa estratégia, as crianças poderão refletir sobre o que falta ou o que precisa pra brincadeira ficar ainda melhor, poderão, assim, exercer sua cidadania, aprendendo aos poucos que sua voz é atuante e que sua opinião é importante, hoje pra sua "sociedade escolar" e amanhã? 

Retornaremos em breve para contar sobre as ideias que possam surgir.

Autor: Caiuá Ilhéus, CMEI | Fonte: Professoras Cleonice e Sara
00242876.jpg
Pizzaria
1/13