Pequenos construtores

    Publicado por:  Jaqueline dos Santos Bandeira da Trindade

Aproveitando o interesse da turma do maternal IIC em brincar de construir, ao encontrarem alguns tijolos em uma área do CMEI, as professoras buscaram informações que pudessem ajudar as crianças a entender como se dá o processo de construção. Por meio de imagens eles puderam observar diversos processos de construção e suas diferenças. As crianças interagiram com seus conhecimentos. Ágatha Valentina relatou que a casa dela é de madeira, Sophia Pedroso comentou que o pai dela é pedreiro e Cézar disse: “O meu pai pinta casas!” Outras crianças fizeram observações além da construção, tais como: “Existe criança que não mora em casa!” (Lívia) e Ezequiel completou: “Sim prof. elas moram na rua!” A partir da fala das crianças as professoras buscaram repertoreá-las com imagens de pessoas que moram nas ruas e sob lonas. As contribuições das crianças seguiram enriquecendo o trabalho e outras descobertas foram feitas: para a construção das casas necessitam de cimento e pregos. Após a pesquisa realizada as crianças retornaram ao local com tijolos e puderam “construir” suas próprias casas. No momento da construção simulavam passar “cimento” com uma espátula, faziam comentários sobre a resistência: “O lobo não vai destruir essa casa, porque é de tijolo e forte” (Ezequiel), bem como testavam suas hipóteses enquanto trabalhavam em equipe, construindo casas, conhecimento e relações.

Autor: Atuba, CMEI | Fonte: Professoras Denise Santos e Luciana Braga
00233738.jpg
construtores
1/13