Parque Tanguá e uma cachoeira de experiências para contar!

    Publicado por:  Cleonice Serafim da Silva

            Na tarde do dia (17-04), contemplados pelo Programa Linhas, a turma do Pré II juntamente com seus professores regentes (Cláudio e Hevellin), profissionais de apoio (Crislayne e Estela) pedagoga Cleonice e nossa guia Aparecida, puderam se aventurar nas possibilidades oferecidas pelo Parque.

           Na chegada encontramos profissionais cuidando dos canteiros do jardim chamado Poty Lazzarotto em homenagem ao grande artista curitibano. Para que as flores apareçam novamente é preciso cuidar dos canteiros e as crianças puderam ver isso.

              E pela frente a imensidão aos olhos de criança, um percurso entre canteiros, chafariz (podiam sentir as gotinhas de água no rosto trazidas pela brisa) e ao término o mirante! Desafio para alguns que a princípio ao andar na grade ficaram inseguros, outros se lançaram determinados a apreciar a vista com a cachoeira! Todos puderam contemplar a seu modo a paisagem que viam. Inclusive a Professora Crislayne em seu primeiro passeio com o CMEI (em 7 anos de rede), segundo ela “foi um momento maravilhoso, uma experiência incrível “.

                Ao decidir ver a cachoeira mais de perto, uma trilha entre a vegetação  trouxe o suspense:

                - Tem animais que vivem aqui? Por que eles não aparecem?

                - Professora você ouviu isso? E vários lobos surgiram nesse pedacinho de vegetação que virou uma floresta!

            Enfim chegamos ao ponto de ver a cachoeira de outro ângulo, gigante frente às crianças, mas não maior que a curiosidade e encantamento dos olhares infantis e adultos!!

               Antes de retornar ao CMEI uma pausa para sentar um pouquinho, lanchar na companhia dos amigos e repor as energias... Ah, mais isso as crianças tem de sobra!  Ainda brincaram de correr, sendo os lobos que queriam pegar a professora Estela.

               Encantamento, ampliação de conhecimento, regados com energia e alegria. Hora de voltar e contar essas experiências as famílias.

Como disse o Professor Cláudio “mais um dia para guardar na memória e no coração”.

Autor: São Carlos, CMEI | Fonte: Pré II - Cláudio e Hevellin
00209665.jpg
IMG-20190417-WA0139.jpg
1/14