Oficina em Farol do Saber ensina como reaproveitar camisetas

    Publicado por:  Cristiane Aparecida Luquetta

Transformar camisetas velhas em novas e criativas sacolas. Foi esse o convite feito pela equipe do Programa Comunidade Escola aos frequentadores do Farol do Saber Gibran Khalil Gibran, no Centro Cívico. Uma oficina de customização foi feita na manhã desta quinta-feira (4/10), para ensinar as pessoas a darem outras finalidades às peças antigas.

A oficina deu início a uma programação com atividades variadas que serão desenvolvidas semanalmente no Farol, promovida pela Coordenadoria de Projetos da Secretaria Municipal da Educação, por meio das gerências de Faróis do Saber e Bibliotecas Escolares e do programa Comunidade Escola.

A próxima será para ensinar malabarismo, na quinta-feira (11/10), das 9h às 11 horas. Adultos e crianças podem participar e não é preciso fazer inscrição, basta estar no Farol no horário indicado.

“Serão minicursos, atividades artísticas e culturais, momento para divulgação dos talentos dos nossos frequentadores e que acontecerão para promover o espaço como local de disseminação de cultura, conhecimento, arte e valorização do espaço público da cidade”, explicou a agente de leitura, Caroline Linck.

A proposta da oficina de customização de camisetas, segundo a coordenadora de projetos, Andréa Barletta, é a de estimular a sustentabilidade, a cooperação e o trabalho coletivo. “Buscamos desenvolver o olhar e consciência sustentável, com práticas acessíveis que ao mesmo tempo são prazerosas, estimulam a convivência e o aprendizado de habilidades”, disse Andréa.

Antônio Dorival, 29 anos, foi até o Farol como faz diariamente para fazer pesquisas na internet, mas resolveu mudar a rotina e participar da oficina. “Achei bacana demais e muito fácil transformar uma camiseta velha, que poderia ir para o lixo, em uma sacola”, disse Antônio    

Peças fora de uso

A corretora de imóveis, Cláudia Rocha, 49 anos, que frequenta o Farol há duas décadas, contou que a oficina é mais um atrativo do espaço. “Venho ler e empresar livros, imprimir documentos e pesquisar na internet e, agora, aprender a dar nova utilidade para peças fora de uso”, contou Cláudia. A sacola, enfeitada com retalhos coloridos e miçangas que ela produziu será oferecida à filha como presente. "Fica linda e prática, acho que ela vai adorar”, disse Cláudia.

Junto com a oficina foram realizadas apresentações culturais, uma contação de história, feita pela agente de leitura Eliziany Pinto e uma apresentação de órgão, feita por Geovan Gonçalves Leite, um dos assíduos frequentadores do Farol.

Para produzir as sacolas é preciso apenas uma camiseta fora de uso e uma tesoura. Para quem gosta de modelos mais decorados pode ser usado feltros e retalhos, fitas coloridas, miçangas e até peças de bijuteria. O que conta é a criatividade na hora de reaproveitar o material.

A orientação é feita pela equipe do Comunidade Escola, o programa da Secretaria Municipal da Educação que mantém abertas escolas durante os finais de semana. Dezenove escolas participam do programa com a oferta gratuita de atividades socioeducativas que acontecem nas salas de aula, quadras esportivas, auditórios, bibliotecas e laboratórios de informática.

O programa oferece cursos para geração de renda, atividades esportivas, culturais, de lazer e saúde. As oficinas são realizadas por voluntários, servidores municipais e academicos. Além das escolas, o programa promove atividades em outros espaços, é o Comunidade Escola mais Perto de Você, que amplia a oportunidade de participação das pessoas em dias e lugares diferentes.

Autor: Gerência de Faróis do Saber e Bibliotecas | Fonte: Prefeitura Municipal de Curitiba