O Professor de Educação Infantil e a Escuta Sensível: Precisamos do Outro para nos Desenvolvermos!

    Publicado por:  Ana Beatriz Souza Cerqueira

 

Nossa formação pedagógica do 07 de maio de 2021, teve como tematica a Escuta Sensivel, a partir da inspiração de outras unidades, compartilhando percursos do V Seminario de Educação Infantil do OBECI, refletindo para ressignificar a nossa caminhada e a pensar a docência.

A escuta sensível na Educação Infantil, vai além de paradigmas e “FOTOGRAFAÇAO”(fotografia e ação), segundo as palavras e reflexões das professoras do CMEI Centro Cívico . Esta fica em um limiar de contemplação, pois nos remete ao silenciar e desaceleração de nossas expectativas , de nossa ansiedade! A escuta sensível vai ao patamar de uma elaboração entre olhar, observar, memorizar cada gesto, cada descoberta da criança. Devemos nos demorar, dar a criança o tempo dela “Ser”, observar, experimentar, criar suas possibilidades, construir a sua própria paleta de cores, diversificando  e se apropriando de novos saberes. Devemos nos demorar para ver! Devemos observar quais os interesses das crianças? Quais as necessidades ? Qual o movimento corporal destas crianças? Suas perguntas e suas próprias respostas?!

Esta escuta é essencial para que o professor possa ajudar a criança a reconhecer-se como construtor de seu conhecimento , respeitando seu tempo, o universo imaginário e cognitivo e muito particular de cada criança! 

Para efetivar esta escuta sensível e sair da banalização, nós professores, necessitamos de mudanças de postura, reorganizar a forma de estar,  de organizarmos contextos, de planejarmos voltados  para a criança. O que a criança faz? Como olhamos para estas experiências? Quais qualidades nos competem? Quais devemos desenvolver para esta escuta sensível? E com estas  mudanças, olharmos para a criança intencionando um planejamento!

 E, é através do diálogo , das trocas de experiências, como foi neste encontro, que organizamos o trabalho pedagógico de forma a desenvolvermos a capacidade, de despertar, de desafiar e provocar, nos professores o seu maior instinto, o de ensinar.

Na escuta sensível estamos lidando com a complexidade de algumas características como a estética, aprendizagem, os vínculos, alegrias , sonhos e esperanças!

Por isso atente-se! A escuta sensível pressupõe suspenção, fragilidade, curiosidade e delicadeza!

Autor: Gerda dos Santos | Fonte: CMEI Centro Cívico
00295998.png
Formação escuta sensível
1/12