O prazer e a qualificação da literatura no CMEI

    Publicado por:  Dayanne Fabrili Gomes de O. Adams Evangelista

As crianças estão inseridas na cultura local desde que nascem e segundo Craidy, "A literatura é a arte de dar sentido à existência humana por meio palavra escrita ou falada", por isto é importante que os planejamentos na Educação Infantil contemplem propostas de leitura de histórias para as crianças, seja de criança para criança ou do professor para ela.

Um dos descritores dos Parâmetros que indicam a qualidade de ensino e aprendizagem na Rede Pública de Curitiba é o da literatura, onde se tem como objetivo oportunizar diferentes situações de interação com a literatura infantil, com o planejamento de forma permanente de espaços e tempos para que as leituras se realizem.

Atendendo ao descritor e garantindo este direito para as crianças, as professoras Jeanete e Silvana do Pré IB têm possibilitado que as crianças vivenciem momentos de leitura em diferentes espaços e de diferentes formas. Qualificando os espaços, tornando-os agradáveis e receptivos para leitura, elas têm utilizado os vários espaços do CMEI: as casinhas do parque, o canto de leitura externo organizado pela turma, a sala de referência, onde vários tipos de leitura estão sendo possiblitados: leitura de livros, leituras de obras de arte, leitura por parte da criança para a criança, leitura das professoras para as crianças, leitura para si próprio, entre outros.

Estes momentos permanentes no CMEI que ocorrem diariamente, tem permitido a ampliação de repertório de mundo por parte das crianças, onde há a quantidade de um livro por criança na turma; os textos e imagens são de qualidade com coerência textual, sem estereótipos, onde não se reforçam comportamentos e condutas preconceituosas e ainda permitem que as crianças tenham acesso há vários tipos de ilustração e de gêneros textuais, podendo usufruir do gosto pela leitura.

Autor: Vila Osternack, CMEI | Fonte: Dayanne Fabrilli Adams Evangelista