NOS DÊ NOTÍCIAS!

    Publicado por:  Cleonice Serafim da Silva

Sempre reforçamos a parceria entre CMEI e Família e nesse período não poderia ser diferente. Estamos compartilhando aqui sugestões dos professores do CMEI, com dicas simples daquilo que faz sucesso entre as crianças e colaboram para o desenvolvimento e aprendizagem delas.

         Então vamos ser exigentes com nossa tarefa de casa...Brinquem muito com seus filhos e valorizem suas criações. Sabemos que já estão fazendo isso e gostaríamos apenas de ajudar com algumas propostas e imagens que as ilustram.

         Dicas das Professoras Rafaela, Denise e Anne:

         Resgatar brincadeiras tradicionais é uma possibilidade conforme a professora Rafaela cita: amarelinha,  elástico, bolinha de gude, casinha, brincadeiras de roda como lenço atras, passa anel, batata quente, escravos de Jó, peteca, pião, 5 marias, pular corda, elefante colorido, barra manteiga, estátua,  esconde esconde, bambolê, cantar cantigas de roda.

         O telefone sem fio tradicional é feito com duas latinhas vazias e limpas, com um furo no fundo sem a tampa. Ambas conectadas por um barbante passado pelo furo. Mas você pode tentar outros materiais também, como potinhos de iogurte, aí é só usar a imaginação e falar a vontade. A ligação é gratuita, lembra a professora Denise, que traza opção do boliche com os rolinhos de papel...vão ser muitos strikes

         Outra possibilidade é construir com as crianças brinquedos a partir de materiais alternativos (sucata). Até instrumentos musicais para cantarem e dançarem na sequência.  As imagens trazem algumas sugestões. Vale ressaltar que para as crianças o formato final do brinquedo não importa tanto, o mais importante e significativo é o processo de construção junto a família!

        Anne lembra que as crianças adoram e gostam de brincar com os adultos, principalmente com os pais, com brincadeiras simples como: Caça ao tesouro (esconder algo que a criança goste e pedir para procurar, depois inverte); O Mestre mandou  (imitar algum bicho, fazer algum barulho, engatinhar, pular com um pé só, andar de costas, fazer caretas, pular, rolar...) ; Qual é o objeto ou brinquedo? Vendar os olhos(selecionar alguns brinquedos e objetos para a crianças descobrirem apenas com o toque, podemos usar as mãos e pés.  Depois inverte.

         Desejamos as famílias ricos momentos de interação e alegria. E como esse é um espaço de vocês, se quiserem nos enviar imagens de como tem sido esse período em casa, postamos aqui , seja a partir das nossas sugestões ou criações de vocês. Nos dê notícias - 998125924. Ficaremos felizes em compartilhar as experiências familiares!

        E lembrem-se...fiquem bem, divirtam-se, mais  #fiquem em casa!

        E quando tudo isso passar...nos veremos no CMEI

 

Autor: São Carlos, CMEI | Fonte: Professoras Rafaela, Denise e Anne
00270061.jpg
4.jpg
1/10