Narrativas Afro Curitibanas

    Publicado por:  Sandra Mara Piotto

NO DIA 28 DE JULHO DE 2022, VÁRIAS MULHERES NEGRAS DE DIFERENTES ESPAÇOS, COMUNIDADES E DEPARTAMENTOS PUDERAM TROCAR EXPERIÊNCIAS ANCESTRAIS E CULTURAIS.

PARTINDO DE UMA RODA DE CONVERSA COM DIVERSOS ELEMENTOS QUE PUDESSEM NOS REMETER AOS NOSSOS (AS) VALIOSOS (AS) ANCESTRAIS SE DARÁ A 2º EDIÇÃO DAS HISTÓRIAS AFRO-CURITIBANAS.

O ENCONTRO PROPÔS A UNIÃO E A REFLEXÃO ENTRE MULHERES NEGRAS EM DIFERENTES ESPAÇOS PÚBLICOS, ALÉM DE COMPARTILHARMOS DOS PRINCÍPIOS DO DIA INTERNACIONAL DA MULHER NEGRA, LATINO-AMERICANA E CARIBENHA. DIA DE TEREZA DE BENGUELA, DANDO VISIBILIDADE AS MULHERES NA HISTÓRIA BRASILEIRA.

A IMPORTÂNCIA DE DEBATER SOBRE AS QUESTÕES SINGULARES DAS MULHERES NEGRAS QUE SIMPLISMENTE SE JUSTIFICA PELO FATO DE EXISTIR EM UMA SOCIEDADE AO QUAL ESTÁ PRESENTE O SEXISMO, A HIPERSEXUALIDADE E O RACISMO QUE ATRAVESSAM A VIVÊNCIA DAS MULHERES NEGRAS DIARIAMENTE.

EM NOME DA (CEFAR) COORDENADORIA DE EQUIDADE, FAMÍLIA E REDE DE PROTEÇÃO DA   SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE CURITIBA DEIXAMOS O NOSSO AGRADECIMENTO,  EM ESPECIAL A GESTORA PÚBLICA  MARLI TEIXEIRA TEIXEIRA, MARIA TEREZA ROSA E VALÉRIA SILVA  DA ASSESSORIA DE DIREITOS HUMANOS-POLÍTICA DE PROMOÇÃO DE IGUALDADE ÉTNICO RACIAL POR PROPORCIONAR ESTE ENCONTRO CONTRA A IGUALDADE DE GÊNERO O COMBATE AO RACISMO, POBREZA E DESIGUALDADE.

Autor: Sandra Mara Piotto | Fonte: CEFAR/SME
00366515.jpg
afro
1/2