MULHER! SÍMBOLO DE FORÇA, GARRA, DEDICAÇÃO, TRABALHO, DELICADEZA, AMOR E VAIDADE!

    Publicado por:  Daniele Maria Oliveira Branco Klock

As Professoras Karina e Silvia que compem a comissão local de Direitos Humanos, desenvolveram uma proposta com a mãe Andreia, da criança Gabrielle da tuma do maternal II, família que está conosco desde a inauguração do CMEI, família muito parceira, mãe membro do Conselho da Unidade, onde já possuimos um vínculo e grande afeto. A família trabalha com reciclagem nos fundos do CMEI e conhecendo a história de vida dessa guereira, as professoras com seu apoio quiseram tornar este exemplo conhecido por toda a comunidade, aproveitando o tema da Valorização Feminina!

MULHER QUE TRABALHA FORA, QUE HOJE POSSUI VÁRIAS PROFISSÕES E NEM SEMPRE É RECONHECIDA OU VALORIZADA.

MULHER QUE MESMO DEPOIS DE UM DIA CANSATIVO DE TRABALHO, CHEGA EM CASA E CONTINUA A TRABALHAR, LAVA, PASSA, COZINHA E EM MEIO A TANTO TRABALHO E CORRERIA, AINDA TIRA UM TEMPO PARA CUIDAR E AMAR SUA FAMÍLIA.

ESSA MULHER HOJE ESTÁ SENDO REPRESENTADA PELA ANDRÉIA, QUE TRABALHA TODOS OS DIAS DE MANHÃ ATÉ À TARDE NA RECICLAGEM, DE ONDE VEM O SEU SUSTENTO E DE TODA SUA FAMÍLIA.

MÃE DE DUAS CRIANÇAS GABRIELLE 3 ANOS E LUCAS 10 ANOS E CASADA COM JEAN.

APÓS DEIXAR SUA FILHA NO CMEI, JÁ SE PREPARA PARA MAIS UM DIA DE TRABALHO, PARANDO SOMENTE PARA ALMOÇAR E LOGO RETORNANDO AO TRABALHO, ATÉ O HORÁRIO DE BUSCAR AS CRIANÇAS.

CHEGA EM CASA E DESCANSA? NÃO! VAI ARRUMAR A CASA, LAVAR ROUPA, PREPARAR O JANTAR PARA SUA FAMÍLIA, LAVAR A LOUÇA, DAR BANHO NAS CRIANÇAS, TOMAR BANHO E ACHAR UM TEMPINHO PARA DESCANSAR, PORQUE AMANHÃ COMEÇA TUDO DE NOVO. E ASSIM VAI LEVANDO A VIDA...

OBSERVANDO QUE MESMO COM POUCO TEMPO PARA SE CUIDAR, A ANDRÉIA AINDA O FAZ, ASSIM RESOLVEMOS CONVIDA-LÁ A PASSAR CONOSCO NO CMEI UM DIA DE BELEZA. PARA ESSE DIA SER CONCRETIZADO CONTAMOS COM A COLOBORAÇÃO DE UMA PROFISSIONAL DA BELEZA, LUCIANE ROMING, QUE SE PROPÔS EM REALIZAR ESSE TRABALHO SEM NENHUM CUSTO E O FEZ COM MUITO AMOR E DEDICAÇÃO.

FOI MARAVILHOSO, OBSERVAMOS QUE A TRANSFORMAÇÃO OCORREU DE DENTRO PARA FORA, POIS ELA SE SENTIU LINDA, MARAVILHOSA, PODE-SE VÊ UM BRILHO EM SEU OLHAR.

FOI GRATIFICANTE VER O QUANTO ELA FICOU FELIZ E QUANDO SUA FILHA À VIU, FICOU TÃO SURPRESA QUE CORREU CHAMAR SEUS COLEGAS E DIZIA: – OLHA, ESSA LINDA É MINHA MÃE, VENHAM VER!

E SEU ESPOSO QUE SUSPIROU SURPRESO E COM UM OLHAR APAIXONADO DISSE: - NOSSA QUE GATA!

MAS O FOCO DESSE TRABALHO NÃO FOI SOMENTE MOSTRAR A TODAS O QUANTO SOMOS BELAS POR FORA, MAS TAMBÉM O QUANTO SOMOS FORTES, PODEROSAS E QUE CADA UMA GUARDA DENTRO DE SI UMA BELA E LINDA MULHER E QUE MESMO TENDO DIAS DE LUTAS E OUTRAS DE GLÓRIAS, SOMOS MULHERES GUERREIRAS!

 

Todo o tempo que esta proposta ficou exposta, a comunidade participou apreciando e comentando, inclusive com a mãe Andreia, ao cruzerem pelos corredores. 

 

 

Autor: Prof. Carlos Roberto Antunes dos Santos, CMEI | Fonte: Professoras Karina e Silvia
00232581.jpg
Andreia
1/34