Horta Mandala da UEI Germano Paciornik

    Publicado por:  Maria Cristina Schwaigert de Andrade

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Nossa horta esta cada dia mais linda, a construímos contando com a  com a participação de todos os alunos do Contraturno do turno da manhã em sua oficina de Práticas de Educação Ambiental, sob a orientação da professora Silvana.

Este modelo de Horta Mandala, onde os canteiros estão dispostos em círculos e não em linhas retas. Plantam-se verduras, legumes, cereais, frutas, ervas aromáticas, medicinais e flores. Diversidades de plantas atraem diversidades de insetos que polinizam e se autocontrolam. Caminhos devidamente projetados facilitam o manejo, a irrigação e a colheita. Fertilizantes orgânicos repõem os nutrientes e a cobertura morta mantém a umidade e protege sua maior riqueza: o solo.

A Horta Mandala tem diversas vantagens, pois permite o aproveitamento máximo da água e da terra, tem custos de produção menores que os da irrigação tradicional e permite usar áreas bem pequenas.

 

Princípios para trabalhar com a Horta Mandala

 

1. Plantar o máximo que puder, utilizando o menor espaço;
2. Usar o mínimo de energia, para a máxima produção;
3. Promover o envolvimento de toda a comunidade;
4. Nada se perde, tudo se aproveita;
5. Trabalhar com a natureza e não contra ela.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Autor: Prof. Germano Paciornik, EM | Fonte: Silvana Claudino
00009449.jpg
Alunos da UEI Germano Paciornik preparando a horta.
1/7