Homenagem Professor Ronaldo Schwantes

    Publicado por:  Maria do Socorro de Aguilar de Oliveira

Estudantes de Curitiba têm contato com esgrima paralímpica

12/06/2015

capa

Lutar esgrima nunca esteve nos planos das estudantes Esther Gomes da Silva, de 9 anos, e Sabrina Massa dos Santos, de 10 anos, estudantes da Escola Municipal Heráclito Sobral Pinto e que são usuárias de cadeira de rodas. As duas fizeram parte do grupo de 40 estudantes de escolas municipais que na tarde desta sexta-feira (12) participaram de uma oficina de esgrima com os atletas paraolímpicos que estão em Curitiba disputando a última etapa da Copa Brasil de Esgrima 2015.

O evento foi na Sociedade Esportiva Thalia e teve a participação do campeão paraolímpico Jovane Guissone e a vencedora do Campeonato Regional das Américas, disputado no Canadá, Mônica Santos.

O prefeito Gustavo Fruet acompanhou a oficina dos estudantes com os paratletas, fez a premiação das vencedoras da categoria de espadas e ressaltou a importância do convite feito pelo Comitê Paralímpico Brasileiro para que estudantes participassem da competição. “Trabalhamos na construção de uma cidade mais humana e por isso valorizamos essa iniciativa enriquecedora e de inclusão. Estas crianças estão tendo exemplos de atletas que venceram seus desafios e aprendendo que o esporte e a educação são caminhos possíveis para todos”, disse Gustavo Fruet.

Homenagem

Além de interagir com os atletas os estudantes aproveitaram o evento de repercussão nacional da esgrima para homenagear o ex-diretor da Escola Especial Helena Antipoff, Ronaldo Vadson Schwantes, morto em 2013 vitima de um câncer e que foi o maior nome do esgrima no Paraná. Lorana Schwantes, filha de Ronaldo, representou a família e recebeu o carinho dos atletas ao relembrarem a trajetória do pai que foi 12 vezes campeão brasileiro, além de ter conquistado a primeira medalha brasileira no esporte, com um bronze nos Jogos Panamericanos de 1975, no México, feito que repetiu na Venezuela, em 1983. Ele também foi o quarto colocado nos jogos de Porto Rico em 1979.

Professor de Educação Física, foi secretário da Pessoa com Deficiência. Os estudantes da Escola Municipal Educação Especial Helena Antipoff entregaram um presente confeccionado na escola e um vídeo sobre a atuação de Ronaldo como professor.

Autor: Helena Wladimirna Antipoff, EMEE | Fonte: Gilmar Alves Pires
00070129.jpg
Homenagem Professor Ronaldo Schwantes
1/17