Formação de Professores do Projeto de Robótica em Contraturno

    Publicado por:  Aline Alvares Machado

Encerra agora no mês de junho a formação semipresencial dos profissionais do projeto de Robótica Educacional em Contraturno Escolar.

Para que os profissionais possam desenvolver sempre atividades novas e criativas com os estudantes do projeto, todos os anos é ofertado um curso semipresencial para os professores interessados. Os encontros acontecem no período noturno, de forma a atender todos os profissionais, que nem sempre têm horário de permanência no mesmo dia da semana.

Esse curso anual acontece sempre no 1º semestre, com o objetivo de atender tanto aos profissionais experientes, como os profissionais iniciantes no projeto, que necessitam de mais subsídios práticos e teóricos para o trabalho.

Os conteúdos abordados são variados e escolhidos conforme as demandas apontadas pelos próprios profissionais, incluindo linguagem de programação, montagem de robôs, formas de organização de ideias e de trabalho em equipe, e outros.

Os profissionais que ministram as aulas são profissionais da SME e profissionais convidados de outras instituições, com quem a SME mantém parceria, como por exemplo o Grupo Uninter e o Instituto Federal do Paraná (IFPR).

Além das aulas presenciais, há também os conteúdos estudados a distância via Sala de Aula Google. São atividades de retomada e que abordam os subsídios teóricos e metodológicos que apoiam os profissionais no desenvolvimento das atividades do projeto.

Após a conclusão das atividades presenciais e a distância, os profissionais recebem uma certificação de 32 horas.

Além desta ação, outras ações formativas do projeto incluem visitas às unidades e assessoramentos aos profissionais in loco, atendendo suas necessidades e dúvidas pontuais. Também há a oferta de outras oficinas curtas, muitas vezes em parceria com outras instituições e universidades, para atender outras demandas que os profissionais do projeto apresentam ao longo do ano.

Alunos professores, professores estudantes

Uma curiosidade do projeto de Robótica é que, recorrentemente, os estudantes se tornam professores de seus professores. Neste ano, tivemos a participação de dois ex-estudantes da RME, que fizeram parte do projeto de robótica quando estavam na escola, atuando como docentes.

Na foto abaixo, vemos o Remy, Técnico em Mecânica e ex-aluno da Escola Municipal Papa João XXIII, atuou junto com a professora Danniella Rosa, do IFPR, no encontro sobre montagem com peças LEGO.

Também participou como docente o Engº Jonatan Alan da Silva (abaixo), da Positivo Tecnologia e ex-aluno da Escola Municipal Erasmo Pilotto, que ministrou o encontro sobre programação com LEGO EV3.

A Robótica proporciona não apenas a aprendizagem de conceitos de tecnologia e a fluência digital, habilidades objetivas bastante requeridas nos dias de hoje, mas também incentivam o desenvolvimento de habilidades socioemocionais como o espírito de equipe, o protagonismo, a criatividade e a comunicação. Dessa forma, os estudantes ficam mais preparados para o mundo acadêmico e profissional que os espera.

Autor: SME | Fonte: CTDI
00223692.jpg
Curso Robótica 1sem2019
1/15