"Fiz voar o meu chapéu"

    Publicado por:  Débora Giselle Culpi

      No dia 29 de julho foi apresentada no Momento Cultural do mês a encenação do livro Fiz voar o meu chapéu, de Ana Maria Machado, pelos alunos dos primeiros anos da escola.

    Essa encenação esteve presente no desenvolvimento do projeto Festa Junina, organizado pelas professoras Graciele Boscardin Francisquini e Suely Honorato de Matos de Oliveira, regentes do 1º ano A e 1º ano B, respectivamente. Com início em Junho, este projeto contou com divertidas atividades envolvendo os mais variados gêneros textuais: receitas, informações, curiosidades, charadas, dentre outros. Sempre que um novo tema típico junino era comentado, uma nova sequencia de atividades era iniciada. Foi assim que professoras e alunos conheceram o livro da autora Ana Maria Machado que fala sobre o chapéu, um acessório típico junino. Sinopse: "um chapéu que voa, voa e vai passando por riachos, coronéis, senhoras, caciques, marinheiros, botes e cachoeiras, até virar ninho de passarinho. O texto é constituído por dísticos de musicalidade. O ponto de vista é de uma criança que traduz com humor, sonoridade e simplicidade as brincadeiras do seu cotidiano - no caso, fazer voar o seu chapéu."

      Os estudantes ouviram a história contada pelas professoras e conheceram a biografia da autora que escreve muitos livros para crianças. A respeito deste livro a autora conta: “quando eu era criança uma cambaxirra fez um ninho num chapéu do vovô Ceciliano, largado num canto alguns dias (ninho com varanda, ele nos mostrava). E depois, quando meus filhos eram pequenos, se divertiram muito porque outra cambaxirra, em Manguinhos, começou a fazer ninho no bojo do maiô que minha mãe pendurara perto da goiabeira para secar – e ficou lá pendurado até o passarinho botar os ovos, chocar os filhotes e eles irem embora”. Foi assim, lembrando deste fato, que a autora escreveu a história deste livro e tem proporcionado momentos de alegria e poesia aos seus leitores.

      Os alunos estudaram as rimas da poesia e com a parceria da professora Rita Edith Scheffler de Almeida, na Oficina de Práticas Artísticas/Teatro, ensaiaram a história do livro em forma de peça teatral.

Autor: CEI Raoul Wallenberg, EM | Fonte: Professoras Suely, Graciele e Rita Edith