Farol do Saber Tom Jobim reabre ao público depois de ser totalmente revitalizado

    Publicado por:  Paulo Henrique Machado
 
O Farol do Saber Tom Jobim, no bairro Santa Quitéria, foi totalmente revitalizado pela Secretaria Municipal da Educação e reaberto nesta quarta-feira (16/09). O local funciona como biblioteca, centro cultural e de inclusão digital e teve investimento de R$ 110 mil para deixá-lo como novo. Localizado na Praça Francisco de Azevedo Macedo, o Farol voltou a ser o cartão postal do bairro e ponto de encontro das famílias da região.
 
A recuperação do espaço fez parte de um pacote de obras da Secretaria Municipal da Educação que desde 2014 investiu aproximadamente R$ 900 mil em melhorias nos Faróis de Saber localizados em praças. Já passaram por reformas os Faróis Machado de Assis (Vista Alegre), Antônio Machado (Barreirinha), Frei Miguel Bottacin (CIC) São Pedro e São Paulo (Umbará), das Cidades (Pilarzinho), Aristides Vinholes (Boqueirão) e a Casa Encantada, no Bosque Alemão, no Vista Alegre.
 
“Priorizamos investimentos na recuperação dos Faróis do Saber por compreendê-los como espaços importantes para o desenvolvimento de crianças, de adolescentes, jovens e adultos”, disse a secretária municipal da Educação, Roberlayne Borges Roballo. Investir na recuperação das estruturas dos Faróis, que há anos aguardavam por melhorias, foi uma forma de descentralizarmos cultura e conhecimentos nos bairros.
 
Além da nova pintura e iluminação, o Farol teve toda a estrutura metálica reparada, com a troca do revestimento da escada que leva á torre no segundo andar, troca da cobertura e do piso, revisão de toda a rede elétrica, substituição de vidros e espaço para funcionários. “Ficou mais claro, mais confortável e com isso tem atraído novos frequentadores que haviam deixado o farol de lado em função das pichações e da aparência”, disse a agente de leitura responsável pelo Farol, Salete Lottermann.
 
As melhorias incentivaram a equipe do local a promover novas atividades para a comunidade e a partir de outubro o Farol desenvolverá um projeto chamado Contando Histórias com a Família, que acontecerá na torre, durante a noite, com um cronograma ainda a ser definido. Crianças atendidas no Centro de Educação Infantil Nice Braga prestigiaram a cerimônia de entrega da obra e fizeram a apresentação cantando Garota de Ipanema, de Tom Jobim.
 
O padre José Luiz Sauer, da Paróquia Santa Quitéria, fez uma benção e enalteceu o farol como espaço para a indicação de novos saberem entre os frequentadores. “O Farol é uma ponte para verdade pois incentiva as pessoas ao conhecimento”, disse o padre. O administrador regional do Portão, Marco Aurelio Lima de Mello, também esteve no ato de entrega.
 
A artista Nilcéia Campolin fez questão de ir com a filha Helena Campolin acompanhar a entrega da revitalização. As duas são grandes frequentadoras da unidade. “Toda a minha família encontra refúgio no acervo deste Farol que é um espaço muito importante para nós”, disse Nilcéia que frequenta assiduamente a unidade desde a inauguração, em 1997.
 
Nilcéia tem orgulho em contar que ela e o marido, o ator Antônio Cândido, frequentam a biblioteca antes mesmo de os filhos Ivan e Helena nascerem e a paixão pela literatura foi passada  naturalmente para a dupla. “Eles cresceram nos acompanhando e aprendendo a viajar por meio da leitura”, diz Nilcéia. 
 
O plano de revitalização dos Faróis do Saber continua. Já está em obras o Farol do Saber Emílio de Menezes, no Bigorrilho. Também receberão melhorias o Farol do Saber Gibran Khalil Gibran (Centro), o Farol do Saber Aparecido Quinaglia (Santa Felicidade) e a Biblioteca Hideo Handa, na Praça do Japão (Água Verde).
Autor: Bibliotecas e Faróis | Fonte: Agência de Notícias da Prefeitura de Curitiba