Família e CMEI são interligadas como um elo na educação das crianças

    Publicado por:  Aline Eluize Cardoso

Iniciamos o ano letivo acolhendo as famílias, crianças e professoras com uma delicadeza de Chá com Prosa! 
A semana foi dedicada a receber às famílias para uma boa prosa, com cheirinho de chá. Pensando em cada criança, os acolhimentos aconteceram por faixa etária, de segunda-feira a sexta-feira estivemos com a casa cheia de gente. Em pauta, concepção de criança, encaminhamentos administrativos e pedagógicos e ações de Prevenção e Proteção a criança e adolescente, com Ana Rita de Paula da rede de proteção da regional Bairro Novo, nossa grande parceira que nos apoia, orienta e incentiva. 
Com os princípios da Gestão Compartilhada, seguimos pensamentos e as ações que sustentam o cotidiano. Em uma belíssima tríade crianças, professores e famílias, percorremos caminhos para a construção de um projeto de comunidade, que com sua potência, possibilita às crianças experiências compartilhadas entre si, com os professores e com as famílias, seja nos momentos de microtransição dentro da unidade ou transição da família para CMEI, como, por exemplo, o período de acolhimento no início do ano letivo, nas relações do cotidiano, em diferentes ambientes de aprendizagens que são intencionalmente organizados para que as crianças explorem, observem, interajam, inventem, brinquem, conheçam-se...

Família e CMEI são interligadas como um elo na educação das crianças. Aldo Fortunati nos inspira, "a participação das famílias não é um elemento acessório - mas fundamental - no projeto de um serviço educacional" (p. 181). Sendo assim, acolher crianças e famílias em espaços que atendam a suas demandas, gera uma rede integrada que pressupõe diálogo e flexibilidade, fortalecendo a gestão compartilhada.

Autor: Ciro Frare, CMEI | Fonte: Equipe EPA - Márcia Rodrigues Fernandes
00202579.jpg
Noticias
1/14