Família e CMEI, parceria fortalecida diariamente.

    Publicado por:  Bruna Eloiza Monteiro Mauricio

 

A palavra acolher de acordo ao dicionário Oxford Language significa dar ou receber hospitalidade. Para nós, acolher vai além do significado do dicionário, acolher é sobretudo acalentar, distribuir abraços, estar atento, doar-se para ver o outro bem e é assim que vivem as crianças dos 230 Centros Municipais de Educação Infantil de Curitiba, em especial do CMEI Coqueiros localizado na regional Bairro Novo. No nosso cotidiano, nos momentos de entrada e saída das crianças, nos deparamos com muitas histórias, cada uma com sua singularidade e nós amamos ouvir todas elas. Diante de todo esse cenário ao acolhermos essas famílias, fomos acolhidos por elas também ao recebermos relatos que aqueceram nosso coração.   

 

Me chamo Natalia e sou a mãe da Heloisa que atualmente está matriculada no Maternal I. Ela iniciou no período remoto e na época realizava as propostas que eram pensadas e planejadas com carinho e criatividade. Este ano o CMEI tem sido essencial para o desenvolvimento dela e é nítido as aprendizagens advindas desde as músicas, vivências, brincadeiras, desenvolvimento da fala ao recontar histórias e também na socialização com outras crianças aprendendo a conviver e respeitar o outro. Tudo isso é notável a partir de um trabalho conjunto... que se constrói com a participação de todos. Meu agradecimento as professoras Elídia, Lucimar, e a Diretora Bruna que mesmo com pouco tempo na direção, tem sido sinônimo de acolhimento e cuidado. Obrigada a todos do CMEI Coqueiros que torna essa parceria possível, nos fazendo confiar que nossa pequena está super bem.  

 

Sou Katiele Talita e gostaria de falar sobre o CMEI Coqueiros onde estão matriculados meus dois filhos Pierre de 2 anos e Melissa de 8 meses. Esse é o primeiro ano presencial de ambos ... A Melissa ainda mama no peito e a diretora Bruna me deu total liberdade de amamentar quantas vezes fossem necessárias, em um lugar exclusivo dentro do CMEI. O Pierre já na primeira semana se apaixonou por todos os amigos e pelas professoras que acolheram ele muito bem. Eu como mãe estou muito satisfeita com o espaço físico e com todos os professores do meu pequeno.

 

A minha filha tem aprendido muitas brincadeiras, músicas e a dividir as coisas com outras crianças. O Cmei Coqueiros tem ótimas professoras e uma ótima diretora!

Jéssica, mãe da Lorena-MIIA

 

A Manuelly se desenvolveu bastante depois que começou a frequentar o CMEI. Ela adora o parquinho e sempre aparece cantando músicas novas em casa. A Manu ama suas professoras!

Karla, mãe da Emanuelly- MIIB

O que falar do CMEI Coqueiros? Meu filho entrou no CMEI em 2020 e confesso que quis desistir várias vezes desse processo que era colocar meu filho a caminhar sozinho. Contudo, tive profissionais que me aconselharam que isso era o melhor para ele e hoje, João Miguel ama ir ao CMEI. Todos os dias ele chega contando suas aventuras, o que aprendeu, o que fez de novo... Tenho que agradecer a todos os professores pelo carinho e dedicação com meu filho. A Diretora Bruna super atenciosa, chegou conquistando todos ao seu redor. Estou com o coração partido pois será o último ano do João Miguel nessa instituição que amo de paixão.

Thalia Stefanny Nascimento, mãe João Miguel-MIIA

 

 

Estar diariamente no CMEI Coqueiros é uma dádiva. Assumi a direção da unidade há 3 meses e ganhei aqui um novo lar! Nossa parceria com as Famílias tem se fortalecido diariamente nas relações em nosso cotidiano. No CMEI Coqueiros as famílias participam da construção do plano de ação, Projeto Político Pedagógico, participam também das propostas que são planejadas para os sábados de integração com as famílias e em diferentes momentos do cotidiano. Estou muito feliz em poder contribuir com a família Coqueiros e meu desejo é que nossa parceria se fortaleça cada dia mais e mais.

Bruna Eloiza Monteiro, diretora do CMEI Coqueiros

Autor: Bruna Eloiza Monteiro | Fonte: CMEI Coqueiros
00338045.jpg
Levi e sua mamãe Andreia dividindo momentos no CMEI Coqueiros.
1/21