Escolas municipais terão novas ações de educação ambiental

    Publicado por:  Ana Maria da Silva Dubiela

A Rede Municipal de Ensino terá novas ações de educação para a sustentabilidade. As atividades envolverão, além dos 141 mil estudantes, os 18 mil profissionais do ensino e serão desenvolvidas ainda neste semestre. É o programa Sustentabilidade - Mais Tempo de Vida, idealizado pelo Departamento de Ensino Fundamental da Secretaria Municipal da Educação, em parceria com a Secretaria Municipal do Meio Ambiente.

Três grandes ações compõem o programa: formação continuada, gestão de resíduos sólidos e construção das diretrizes curriculares de educação ambiental da Rede municipal de Ensino. Também serão provocadas discussões sobre desenvolvimento sustentável, considerando a ampliação do seu conceito de desenvolvimento e as formas de entendê-lo como uma construção coletiva. Essa visão deve gerar qualidade de vida nas dimensões ambiental, econômica, social, cultural e ética.

O novo programa, explica a secretária municipal da Educação, Roberlayne Borges Roballo, foi concebido a partir da necessidade da rede de ensino avançar e fortalecer a Educação Ambiental. “Planejamos as novas ações enfatizando a função social e histórica da escola. A instauração da equipe de trabalho terá o conceito de educação ambiental como elemento estruturante”, diz Roberlayne.

O programa começará pelos departamentos da Secretaria Municipal da Educação, que fará parte do projeto-piloto da etapa de gestão de resíduos sólidos com atividades desenvolvidas por representantes capacitados para observar, orientar e acompanhar a separação e correta destinação dos resíduos sólidos gerados nos locais de trabalho.

Essas medidas serão colocadas em prática após a realização de um diagnóstico sobre as especificidades de cada departamento. Também serão promovidas campanhas para a redução de copos descartáveis e correta utilização da água potável.

Maratona

A Maratona Infantil e Juvenil da Sustentabilidade, lançada em março, é outro exemplo da integração entre as secretarias. A Maratona é uma ação símbolo da estratégia da administração municipal, no desenvolvimento sustentável de Curitiba. Coordenada pelo Departamento de Educação para a Sustentabilidade da Secretaria Municipal do Meio Ambiente, conta com a participação de 1.200 estudantes, alunos de 24 escolas municipais entre elas Paranavaí, Wenceslau Braz, Rolândia, Professora Tereza Matsumoto e Tanira Regina Schmidt, além de dez grupos escoteiros da cidade.

Até novembro deste ano, os alunos e escoteiros participarão de três desafios, um ecológico, um cultural e outro recreativo, além dos eventos do Dia do Meio Ambiente, Dia da Árvore e Dia do Rio. A intenção é expandir o projeto da Maratona para toda a rede de ensino.

Outra parceria de sucesso entre Educação e Meio Ambiente é o projeto Bosque Escola, que aproveita áreas verdes anexas a escolas municipais, como as salas de educação ambiental ao ar livre e espaço para lazer das comunidades. São iniciativas que atendem unidades da rede com o propósito de mobilizar estudantes e profissionais em prol das questões ambientais. “A educação ambiental na rede não se caracteriza como componente curricular, mas como tema a ser trabalhado de forma interdisciplinar, por todas as áreas do conhecimento”, diz Roberlayne.

O novo programa Sustentabilidade - Mais Tempo de Vida também terá ações articuladas com a comunidade escolar. Envolvendo pais de alunos e vizinhos das escolas, terá por objetivo o desenvolvimento da consciência socioambiental, para a formação de cidadãos conscientes, comprometidos com a qualidade de vida no planeta.

Autor: Irmã Dorothy Mae Stang, CMEI | Fonte: CLAUDIA MUNIZ