Era uma vez..... Uma bruxa!

    Publicado por:  Viviani de Fatima Glok

  ERA UMA VEZ UMA BRUXA....  (Maio/2015)

Contação realizada pela  Agente de Leitura Flávia Dias na biblioteca. A arte de contar história amplia o universo literário, desperta o interesse pela e estimula a imaginação. O processo de leitura nas séries iniciais do ensino fundamental é importante na vida escolar do educando. Promover a leitura é um ato significativo e prazeroso. A leitura se constitui como um avanço na busca do conhecimento e do saber.

    "Era uma vez uma bruxa, Hildegarda Espinhenta das Cruzes Tortas Chulezenta da Silva, mais conhecida como Meleca. Morava em uma linda e calma floresta, mas, desejosa de viver "novas e horrendas aventuras", parte para a cidade grande. Seus olhos se encontram com tanta confusão, lixo e fumaça! Mas, coitada, seus poderes e feitiçarias não assustam nem criancinhas! Muito pelo contrário, elas riem até fazer xixi na calça de suas histórias de vampiros e esqueletos chocantes. Por pouco, Meleca não é transformada em perua por obra dos pequenos aprendizes de feiticeira. Some rápido numa nuvem negra e acaba internada num hospital para bruxas. Mas suas experiências lhe permitem abrir uma escola para os colegas de profissão, interessados nos horrores da cidade grande. A história leva a criança a refletir sobre as cidades que estamos construindo. (Bibliografia Brasileira de Literatura Infantil e Juvenil,  v.9, 1998). Morava em uma linda e calma floresta, mas, desejosa de viver "novas e horrendas aventuras", parte para a cidade grande. Seus olhos se encontram com tanta confusão, lixo e fumaça! Mas, coitada, seus poderes e feitiçarias não assustam nem criancinhas! Muito pelo contrário, elas riem até fazer xixi na calça de suas histórias de vampiros e esqueletos chocantes. Por pouco, Meleca não é transformada em perua por obra dos pequenos aprendizes de feiticeira. Some rápido numa nuvem negra e acaba internada num hospital para bruxas. Mas suas experiências lhe permitem abrir uma escola para os colegas de profissão, interessados nos horrores da cidade grande. A história leva a criança a refletir sobre as cidades que estamos construindo. (Bibliografia Brasileira de Literatura Infantil e Juvenil,  v.9, 1998).

Autor: Prof.ª Rejane Maria Silveira Sachette, EM | Fonte: Flávia Dias Amantino
00067053.png
Era uma vez uma bruxa...
1/1