Do que precisamos nos dias atuais?

    Publicado por:  Caroline Kupczki Krezko

 

Esperança...

As crianças têm essa capacidade de dar Esperança; elas nos fazem olhar as coisas de forma mais leve, inocente e descomplicam a vida; dando soluções simples aos problemas.

Elas estarão em casa, bem pertinho de você então, dê atenção e o dia passara leve, mesmo com as crianças dentro de casa, talvez um pouco mais agitado, barulhento, mas se você entrar na onda dela, não vai sentir pânico, nem estresse. Se houver estresse que seja por conta da incrível energia que elas têm e nós com o espírito velho, não conseguimos acompanhar.

Outra dica, neste mês dedicado as mulheres, conservemos a docilidade, a ternura, a coragem, a superação, a resiliencia, buscando a nossa essência, que assim como as crianças, tornam a vida mais terna e suave.

Vejamos uma ação realizada no CMEI Dr. Eraldo Kuster:

Mural com as cores do arco-íris e claro, sem faltar o lilás...

“Por Dias Melhores:

Amor, Fé, Alegria, Coragem, Força, Esperança...

Esperança por dias melhores...

O que podemos fazer para tornar os nossos, dias e os dias das pessoas melhores...

No CMEI Dr. Eraldo Kuster, por ocasião do dia da Mulher, Mês Lilás de conscientização sobre o papel da mulher e como ela se sente dentro da sociedade, a Comissão de Direitos Humanos recebeu o desafio de envolver a Comunidade Educativa para enviar uma palavra expressando o significado de ser mulher... Como estamos também no mês do aniversário de Curitiba e o tema das comemorações, é “Curitiba Cidade Educadora, conciliamos os dois temas e então enviamos as mulheres mãe, avó, tia, irmã, cuidadora das crianças, via agenda um frase para elas completarem. Os relatos vieram carregados de sentimentos e nos fizeram perceber, que quando pensamos em nós mesmas, na nossa natureza e como nos vemos como mulher, os melhores sentimentos brotam em nós.

Em dias em que estamos vivendo essa pandemia do COVID 19 foi necessário mudar um pouco os projetos e então, já que as crianças vão ficar em casa e não poderão sair e como está um clima meio sombrio, envolvemos as crianças para nos dar um novo ânimo e esperança e elas deram.

No mural do Hall do CMEI que havíamos planejado montar com temas lilás, ganhou as cores de um arco Iris e juntos vieram às palavras de Animo e principalmente de esperança, misturado aos depoimentos das mulheres, foram colocadas filipetas com sugestões do que as crianças poderão fazer junto com as famílias neste período que vão ficar em casa.

As crianças, ao lado das famílias nos momentos de entradas e saídas e também com as professoras, se entusiasmaram escolhendo o que iriam fazer nesse período em casa.

A ação foi um alento de esperança e a certeza de que iremos passar por essa crise com serenidade sem histeria, tendo os cuidados necessários para se proteger e proteger as outras pessoas, mas confiando que esse tempo vai passar e vamos vencer mais essa crise.

Olha a beleza dos relatos dessas incríveis mulheres.

 “Morar em uma cidade educadora e ser mulher curitibana é...

... Aquela que levanta cedo, mesmo se o dia estiver cinzento, o transforma em um dia lindo.

... É aquela que é mãe, esposa, filhas, avó, cada uma com o seu jeito de ser com sua personalidade, com sua história, mas todas as guerreiras.

... “Mulher alma linda de Deus”.

...É muito significativo. Temos muitos parques em nossa cidade, e todas nós cuidamos com carinho de cada pedacinho que passamos. Nossa cidade é linda. E amamos ser mulher “

...”Levantar todos os dias e cuidar dos nossos filhos, maridos, lar e trabalho, batalhado todos os dias pelo melhor para as nossas famílias! É ser guerreira, batalhadora sempre!

...Ser respeitada pela sociedade, principalmente na área de trabalho... A mulher curitibana é um conjunto de coisas e delicadeza de ser mãe, a amarosidade e a ternura com a sua família; mulher um ser forte que não abala a qualquer coisa.

... É viver mil vezes em apenas uma vida; é lutar por causas perdidas e sempre sair vencedora, é esta antes do ontem e depois do amanhã; é desconhecer a palavra recompensa, apesar dos seus atos; é ter dentro de si um tesouro escondido e ainda assim dividi-lo com o mundo.

... Ser mulher é possuir beleza na alma, é ter sentimentos francos e verdadeiros, é olhar o outro com atenção, é sonhar e concretizar, é não ter medo de arriscar, é valorizar as pequenas coisas, é dar sem esperar nada em troca, é sentir... Como criança. Ser mulher é “ser” curitibana é guerreira, nata que busca todos os dias a sua perfeição.

...Amor, pureza, sensibilidade, compreensão, delicadeza, generosidade, doçura, abnegação, serenidade, com seu jeito especial de ser, é o exemplo de amor, determinação e inteligência... Isso é a mulher curitibana.

... Trabalhar com tranqüilidade, sabendo que nossos filhos estão sendo bem cuidados e recebendo um aprendizado de qualidade em CMEIs e Escolas Municipais! Com alimentação de qualidade!!

... Saber lutar para seus Direitos conquistar!!!

... Morar em Curitiba para mim é muito bom, gosto da minha cidade, porque oferece vários recursos pra mães e crianças, como Creche, CRAS, Mercado da Família, Posto Saúde, CAPS, etc. Têm vários lugares para levar as crianças, como Parques, Shoppings e acho que a segurança com as famílias populares está melhorando muito, fora a limpeza da cidade que dia é melhor.

... É ter Liberdade, Escolha, Oportunidade, Direitos. Obrigada Curitiba por respeitas os Direitos da Mulher.

... É ter o dom único de poder gerar outro ser humano, é ter a capacidade de amar incondicionalmente, o fruto do seu ventre, mesmo que nunca tenha aprendido a ser mãe.

... Tratar as pessoas com o mesmo respeito e carinho que gostaria de ser tratada. (Aleandra)

...Preservar a alegrai de sempre aprende algo a mais, praticando o respeito: Viva a Mãe Curitibana. (Camila F. S. Santos)

... Ser um ser humano extraordinário, o único que pode gerar outro ser dentro de si, é ser guerreira, é ser incrível, ser mulher é ser feminina e ao mesmo tempo ter que ser uma rocha, ser mulher é tudo e mais um pouco, ser é D+;

... Você é mãe, mulher, filha; é o despertador; é cozinheira, é a empregada doméstica; é professora, é o garçom, é babá, é enfermeira, trabalhadora braçal; agente de segurança, conselheira, edredom; não tem feriados; não tem licença por doença; não tem folga o dia inteiro; trabalha dia e noite; foca de plantão o tempo todo; não recebe salário e ainda escuta aquela frase: “o que você o dia inteiro”. Dedicado a nós mulheres que se dá ao bem estar às famílias. “Mulher é como sal, sua presença nunca é lembrada, mas sua ausência faz todas as coisas ficarem sem sabor” Mulher!

... Batalhadora, cuidadora, simpática, mulher que luta pelo o que crê;

...Ter a certeza de que o progresso para as nossas crianças virá.

...Incrível!

... Ser uma mulher independente, batalhadora, trabalhando todos os dias para uma cidade cada vez melhor para os nossos filhos, netos...

... Maravilhoso,

...Gratificante!

... Saber que meus direitos estão protegidos!

...Trabalhar com tranqüilidade sabendo que minha filha está recebendo aprendizado de qualidade, com segurança e todos os cuidados.

... É sempre estar presente em todas as áreas de trabalho e lazer. Parabéns a nós mulheres que conseguimos conquistar nosso espaço na sociedade.

...É saber ser uma dona de casa e ao mesmo tempo independente.

... Presenciar cada momento maravilhoso que Deus nos dá. A crise da educação não terá solução só a partir da escola. Assim, como a crise da cidade e da convivência humanizadora entre as pessoas que são de faro quem constrói da vida e recria a própria cidade. Vamos abraçar nossa cidade maravilhosa.

... Ser feliz... Por saber que meu filho esta sendo educado para uma sociedade, de respeito, a mulher, digo a qualquer pessoa. E assim almejar um futuro diferente onde não exista machismo e nem feminismo, pois com educação os dois se respeitem de tal forma que se veja o homem e a mulher não como uma bandeira a ser levantada e sim como seres humanos distintos que se completam.

... Magnífico. Maravilhoso. Sensacional.

...Viver sem medo de andar nas ruas.

...Ter alegria nos momentos vividos e felicidade.

... É ser mais forte do que os olhos podem ver. É ter no coração lugar para todos os sonhos do mundo.

...Trabalhar duro, são mulheres corajosas.

... É caminhar junto à educação e conquistar uma independência e explorar as potencialidades da mesma e seus aspectos positivos, as possibilidades de desenvolver novos horizontes seja na área educacional ou em qualquer outra.

... Ser mulher de garra e coragem! Somos mulher sim, mas não somos sexo frágil, somos lutadoras de nossos direitos, somos mãe e pai ao mesmo tempo! E devemos acima de tudo ser respeitada.

... Umas das coisas maravilhosas, não é fácil ser mulher mas somos guerreiras.

Fato a mulher é antagônica: a sua essência é sensível, frágil, é da natureza biológica, (apesar de que está mudando), mas é também forte, corajosa; sê necessário, a sua natureza biológica é transformada pela essência amorosa, empática, salvadora...

Autor: Dr. Eraldo Kuster, CMEI | Fonte: Ivete Bussolo
00268760.jpg
Por dias melhores!
1/45