DINÂMICAS NAS AULAS DE LITERATURA

    Publicado por:  Dilvonete de Souza Balabuch

  As professoras Adriana  e Marisa estão propondo para as alunos uma atividade bem interessante:  fazer dinâmicas antes de começar as aulas de literatura.

 A primeira dinâmica  foi muito reflexiva com os alunos, pois não deixa de ser uma história também a ser contada. Esta história  desta dinâmica pode ter varias versões, escolhemos  abaixo uma mais simples para compreensão dos alunos.

            Dinâmica:    Pregos e Madeira

 

autor desconhecido

Havia um menino que tinha um temperamento difícil.

Seu pai deu-lhe um saco de pregos e disse-lhe que, a cada vez que  perdesse a paciência, pregasse um prego na cerca dos fundos de sua casa. 

No primeiro dia o menino pregou 37 pregos na cerca. 

Então foi diminuindo gradualmente. Ele descobriu que era mais fácil conter seu temperamento do que bater pregos na cerca. 

Finalmente chegou o dia em que o menino não perdeu mais a  paciência.

Ele contou isso ao seu pai, que sugeriu que agora o menino  tirasse um prego da cerca para cada dia que ele conseguisse conter seu temperamento.

Os dias foram passando e o menino pôde, finalmente,  contar a seu pai que não havia mais pregos na cerca.

O pai pegou o filho pela mão, levou-o ate a cerca e disse:

-"Você fez bem, meu filho, mas veja os buracos na cerca. A cerca  nunca mais será a mesma. Quando você fala coisas com ódio, elas  deixam uma cicatriz como estas. Você pode enfiar uma faca em um homem e tira-la. Não importa quantas vezes você diga que sente muito, a  ferida continuara lá. Uma ferida verbal e tão ruim quanto uma física".

reflexão

-"Amigos são jóias raras", continuou o pai. "Eles nos fazem sorrir e nos encorajam  a seguir em frente. Eles nos dão ouvidos, nos consolam e sempre estão dispostos a abrir o coração para nos".

 
Autor: Elevir Dionísio, EM | Fonte: professoras Adriana e Marisa
00002762.jpg
atividade de reflexão
1/9