Datilografando no passado, digitando no presente

    Publicado por:  Janette Selhorst

Se você nasceu antes dos computadores se tornarem populares, não deve saber como acontecia a comunicação entre as pessoas, certo?

Pois a turma do 3º ano B, enquanto falava sobre meios de comunicação fez uma “descoberta” bem interessante. Eles “descobriram” as máquinas de datilografia.

Se hoje elas podem ser consideradas peças de museus, a pouco tempo atrás, foram um importante instrumento de trabalho em escritórios, repartições públicas e outros lugares que precisavam datilografar documentos mais formais.

Essas máquinas eram fabricadas em diferentes modelos, inclusive uma elétrica que facilitava o trabalho de datilografar.

O aluno Jhuan estava contou pra gente que a descoberta das máquinas começou com uma pesquisa na internet sobre meios de comunicação de antigamente. Aí um colega trouxe a máquina que tinha em casa, a professora Márcia também trouxe uma e emprestaram uma da escola. Assim todos puderam, além de conhecer de perto, dar umas “dedadinhas” para ver como funciona essa maquininha do passado.

Alias, não tão passado assim, eu cheguei a fazer curso de datilografia, antes do curso de digitação, para trabalhar com computadores.

Xiiii, será que eu também estou virando peça de museu?????

Autor: Nossa Sr.ª do Carmo, EM | Fonte: 3º ano B