Da horta do vovô para casa: crianças colhem alimentos nutritivos

    Publicado por:  Sandra Mara de Lima

De olho na alimentação dos estudantes, a Escola Municipal Ana Hella, no bairro Vista Alegre, elabora atividades para estimular o consumo de refeições mais nutritivas e incentivar meninos e meninas a terem uma vida saudável.

Nesta segunda-feira (25/9), foi dia de colheita na escola. Cada estudante colheu na horta um pé de alface. No espaço estão sendo cultivados legumes, verduras e hortaliças que, no tempo certo, são colhidos e consumidos pelos alunos e familiares. Com a criação da horta, as crianças trabalharam conceitos de sustentabilidade, falaram da importância nutricional dos alimentos e desenvolveram atividades sobre o tema em sala de aula.

Os canteiros e as primeiras sementes foram plantadas com a ajuda do senhor Laurindo Gouveia, avô de Matheus, de 5 anos, que frequenta a unidade. Assim que a horta começou a produzir, os estudantes puderam colher e levar para casa os produtos cultivados por eles. Eles também aprendem a preparar receitas saudáveis na própria escola e compartilhar em casa com a família. “Eu achei a ideia do meu vô muito legal. Todos aqui podem comer e levar verduras pra casa e ter mais saúde”, explica o menino.

Para a diretora Sandra Regina Rodrigues, esta é uma das formas de instigar as crianças a desenvolverem o hábito de comer frutas, legumes e verduras. “O cultivo e a colheita dos produtos são momentos importantes para as crianças, com os colegas eles acabam despertando a vontade de experimentar alimentos saudáveis”, completa.

Enquanto a vice-diretora explicava como colher e preparar a alface, as crianças iam adquirindo conceitos sobre o ciclo de desenvolvimento das plantas, como elas se constituem e se alimentam na natureza. Aline Camargo, de 5 anos, falou da importância da raiz das plantas. “A raiz é a vida da planta. Ela serve pra plantinha tomar água. Essas alfaces aqui tem raiz maior do que a do mercado porque se alimentam direto da natureza”, disse a menina.

O contato com a terra, pelo projeto da horta, permite ainda a participação de pais, gestores e professores da unidade. “Incluir uma horta no ambiente escolar possibilita o desenvolvimento de diversas atividades pedagógicas em educação ambiental e ajuda a inserir, com mais facilidade, legumes e hortaliças na alimentação das crianças”, ressaltou a vice-diretora Eliane Breda.

Autor: Secretaria Municipal da Educação | Fonte: Secretaria Municipal da Educação
00153147.jpg
Da horta do vovô para casa: crianças colhem alimentos nutritivos
1/10