Cultura Africana

    Publicado por:  Fabiane Aparecida de Oliveira

Cultura Africana

       Nosso trabalho foi oportunizar para as crianças do berçário II conhecimentos particulares sobre a cultura africana. Foi desenvolvido em forma de sequência didática dividido em 4 etapas.

     Inicialmente confeccionamos com rolos de papel higiênico, pequenas máscaras africanas e contamos uma história sobre elas, o porquê do seu uso e suas características.

     Em seguida trabalhamos a história das Abayomis*, confeccionamos algumas para eles/as brincarem, após essa interação colocamos as bonecas em um móbile onde ficaram expostas na sala.

     Finalizamos confeccionando turbante, colares e os vestimos nas crianças, pintamos os seus rostos conforme o povo africano faz e realizamos uma tarde de brincadeira com esses acessórios.

    Foi um momento muito rico e especial para todos.

*Abayomis: Para acalentar seus filhos durante as terríveis viagens a bordo dos tumbeiros – navio de pequeno porte que realizava o transporte de escravos

entre África e Brasil – as mães africanas rasgavam retalhos de suas saias e a partir deles criavam pequenas bonecas, feitas de tranças ou nós, que serviam como amuleto de proteção. Sem costura alguma (apenas nós ou tranças), as bonecas não possuem demarcação de olho, nariz nem boca, isso para favorecer o reconhecimento das múltiplas etnias africanas. As bonecas, símbolo de resistência, ficaram conhecidas como Abayomi, termo que significa ?Encontro precioso’, em Iorubá, uma das maiores etnias do continente africano cuja população habita parte da Nigéria, Benin, Togo e Costa do Marfim.

Turma: Berçário II

Professoras: Juliana Luíza Mattos Costa, Luciane Prusnal e Leandrina Garcia da Luz.  

 

 

 

Autor: Conj. Atenas II, CMEI | Fonte: BERÇÁRIO II