Conselho MIRIM em ação!

    Publicado por:  Gislaine Cristina Bellis

Conselho Mirim CMEI Parigot de Souza

Um dos princípios democráticos é o de participação ativa e os Parâmetros e Indicadores de Qualidade para a Educação Infantil de Curitiba reafirmam que a responsabilidade em tomadas decisões de ordem pedagógica, administrativa e financeira dentro da instituição não se encerra somente em uma única pessoa, mas envolve o Conselho de CMEI, com representantes de diferentes segmentos, como: profissionais, familiares, saúde e comunidade. Conferem ainda que, além desses segmentos, também as nossas crianças sejam convidadas a identificar as necessidades, discutir, avaliar e participar de tomadas de decisões no processo da educação infantil. 

Cabe ao gestor estabelecer a mediação com a comunidade, profissionais e demais segmentos, para que todos se sintam pertencentes, com dedicação, lealdade e responsabilidade no trato dos interesses e das necessidades das crianças. E ninguém melhor que nossas crianças para diagnosticarem problemas, analisarem e trazerem soluções, através de tomadas de decisões junto às suas professoras e gestora. 

Garantir o direito de participar implica em dar protagonismo para as crianças em seu processo de aprendizagem, envolvendo planejar vivências nas quais decidam e escolham suas brincadeiras, com quem brincar e como brincar. Além disso, existem outros espaços e estratégias para participação das crianças, que podem ser pensados e proporcionados com os adultos, através das "Assembleias e Conselhos Mirins" que acontecem de forma mais organizada e coletiva. A participação das crianças é um dos direitos de aprendizagens da Educação Infantil e deve sair do papel para tornar-se visto e efetivo, sendo planejado considerando as especificidades da Primeira Infância.

Com o retorno do modelo de ensino presencial, conseguimos retomar nossas intenções frente ao Projeto Conselho Mirim, nas quais seguimos realizando as seguintes ações:

  • Comunicação entre a equipe e comunidade, divulgando sobre o papel do conselheiro mirim, incentivando a participação das crianças;
  • Leitura e reflexão do texto: "A gestão democrática e a construção de comunidades educativas" - Currículo da Educação Infantil - 2020 - Páginas 58 a 61;
  • Comunicação com as crianças, sobre as atribuições dos conselheiros mirins e sobre democracia;
  • Convocação para candidatura, com autorização pelos familiares;
  • Divulgação dos candidatos e campanha eleitoral;
  • Reunião com os candidatos, a gestora e uma professora, sobre as necessidades do CMEI e como eles resolveriam (dentro do âmbito infantil);
  • Eleição dos conselheiros mirins;
  • Cerimônia Ato de Posse
  • Reunião com conselheiros eleitos.

As crianças demonstraram grande interesse em fazer parte do Conselho Mirim e a campanha foi caracterizada por falas, contextos e ações genuinamente infantis, nas quais a pureza das crianças ficaram em destaque. Todos votaram em seus candidatos, envolvendo a comunidade, profissionais e crianças do CMEI Parigot de Souza.

A democracia acontecendo de forma colaborativa, com diálogo e comprometimento para uma educação infantil de responsabilidade e qualidade.

 

Autor: Gislaine Cristina Bellis | Fonte: SME
00352751.jpg
Apresentando as propostas. Campanha Eleitoral.
1/9