Conhecer... Respeitar... Amar!

    Publicado por:  Karin Cristina Coradin

Conhecer, Respeitar e Amar...   Três palavrinhas apenas, mas que para nós, que acolhemos diariamente mais de 150 crianças, representam muita coisa. Neste sábado dia 23/3 realizamos nosso primeiro encontro de integração com as famílias do CMEI. Foi um dia muito proveitoso, onde todos tiveram a oportunidade de experimentar o poder destas palavras.

... Famílias conhecendo professores.

... Famílias conhecendo outras famílias.

... Professores conhecendo as famílias e aprendendo a respeitar suas particularidades.

... Crianças aprendendo desde muito pequenas sobre o valor imensurável da parceria entre a sua família e o CMEI. 

>> CLIQUE AQUI PARA VER AS FOTOS!

A preparação para este dia começou no início da semana, com o convite sensibilizando as famílias para este que seria o primeiro grande encontro do ano de 2019. Na sexta-feira, mais um convite, com a inscrição "Querida família: Sem você, não somos inteiros." ... E é bem assim mesmo... somos partes que se completam - CMEI, crianças e famílias.

Com este entendimento, iniciamos o encontro com a apresentação da nova diretora e de toda a equipe da unidade, relatando as intenções de trabalho para este ano, de acordo com o plano de ação e os princípios da gestão democrática, refazendo o convite aos pais, mães e responsáveis pelas crianças para que participem dos órgãos colegiados que fazem a priorização e a fiscalização dos recursos públicos.

Foram ainda apresentados os Programas Mama Nenê e Conhecer para Prevenir, além dos projetos institucionais de autocuidado e alimentação saudável. Em tom de conversa aberta, sinalizamos às famílias a importância do cuidado com a higiene, organização da mochila, uso da agenda e sobre a preocupação constante com a saúde das crianças. O princípio da equidade, a educação voltada à garantia dos direitos humanos e a sustentabilidade também foram abordados. Antes de finalizar este primeiro momento de contato com as famílias, a diretora apresentou a página do CMEI no portal das unidades e fez um lembrete sobre a vacinação contra a febre amarela e a gripe H1N1.

Em seguida, na fala da pedagoga, as famílias puderam conhecer um pouco mais sobre o trabalho da educação infantil, alicerçado nas interações e na brincadeira, considerando a garantia dos direitos de aprendizagem e desenvolvimento a todas as crianças. Durante a conversa, reforçamos que a educação infantil tem uma proposta pedagógica diferenciada do ensino fundamental. Aqui, o cuidar e o educar andam juntos, e o trabalho do professor parte da escuta ativa das crianças, em direção à qualificação das experiências infantis, que se traduzem diariamente em múltiplas aprendizagens.

Depois deste primeiro encontro, as familias foram convidadas a participar de um momento de roda de convresa em sala, com as professoras, para conhecer melhor a rotina das turmas e o plano de trabalho para este ano com as crianças. Em seguida, participaram de dinâmicas de aproximação e acolhimento, e de propostas educativas relacionadas ao que as crianças já vem fazendo nas turmas, como brincar com parlendas, teatro de sombras, modelagem em massinha e com as mais diversas formas de linguagens infantis.

As salas ficaram cheias... e o nosso coração também. Sinal de que a tríade FAMÍLIA - CRIANÇA - CMEI fecha um círculo infinito de virtudes, onde a  criança é o foco, e parceria é a palavra da vez. 

Antes de ir embora, todas as crianças receberam uma receitinha médica indicando "AMORprazol", cujos componentes são FAMILIArizina e CMEIticona. O tratamento é indicado para toda a família e para todas as faixas etárias, não tem contra-indicações. Todos passaram no balcão na saída, carimbaram suas receitas e receberam uma dose generosa, diretamente das mãos das nossas "enfermeiras".

Tudo isso a gente faz com respeito e com amor... Porque a gente sabe que ninguém dá o que não tem... e que uma dose extra de carinho não faz mal a ninguém. 

Autor: Irmã Dulce, CMEI | Fonte: Karin Cristina
00204966.jpg
Amorprazol
1/40