Carta de Américo Vespúcio no aprendizado das Coordenadas Geográficas no 8ºano.

    Publicado por:  Patricia da Rosa Molina Treufeldt

Você sabe o que são coordenadas geográficas? Os estudantes dos 8ºs anos A,C e D da professora Marilene Cruz não só compreenderam o conceito das coordenadas geográficas que são linhas imaginárias que cortam o planeta Terra nos sentidos horizontal e vertical, servindo para a localização de qualquer ponto na superfície terrestre, saiba mais aqui .

Além da compreensão desse componente curricular do 8º ano, os estudantes identificaram essas informações num documento histórico , a carta de Américo Vespúcio, navegador italiano que se deu conta de que o continente onde moramos, não era uma extensão das Índias, mas se tratava de um novo continente, que posteriormente passou a ser chamado pelo nome dele.

A professora Marilene contou à Página do CAIC que usou a carta do navegador florentino por esta  ser um importante texto narrativo que faz menção á vários elementos da linguagem cartográfica e também referências ás constelações como a Ursa Maior e outras desconhecidas na época.

Antes de trabalhar o texto de Américo Vespúcio, a professora Marilene trabalhou diversos elementos da linguagem cartográfica como pontos cardeiais, colaterais, escalas, latitude, longitude e fusos horários.

A carta de Américo Vespúcio estava no livro didático dos estudantes e foi lida, analisada em sala e explicada pela professora. Ela contou também que o livro Família Shurmann-Um Mundo de Aventuras , sugerido pela professora Kelly Cristhine, numa das capacitações de Geografia da SME, a inspirou muito nesse trabalho.

Na sequência, os estudantes fizeram a reprodução da carta de Américo Vespúcio em papel que eles mesmos envelheceram com a orientação da professora, utilizando chá mate, borra de café etc...  e a ilustraram de acordo com o contexto histórico. O trabalho dos estudantes foi incrível e criativo, acompanhem nas fotos.

A Página do CAIC conversou com os estudantes Anna Vitória Silva, Gabrielly Lopes e Hellen Fiori do 8ºA , Luan Kevin Miranda do 8ºC e Wellington P. dos Santos do 8ºD. 

"Na carta do Américo ele conta que as águas estavam mais quentes quando estavam perto da linha do Equador" contou Anna. Para  a estudante Hellen "na época das grandes navegações eles se localizavam pelas constelações, eles usavam mapas e contavam o que descobriam com cartas formais e teve também o Bartolomeu Gusmão que ajudou o Américo nessa viagem." O estudante Luan relatou: "achei muito legal ter feito o trabalho, saber o quanto a comunicação era importante e os mapas eram diferentes com desenhos. Fato que também chamou a atenção de Gabrielly. O estudante Wellington  que fez a reprodução da carta de Américo Vespúcio e a colocou em uma garrafa, de acordo com ele, quis exemplificar o quanto a comunicação que, hoje, é rápida através da internet e naquela época era lenta, difícil, demorando meses.

A professora Marilene Cruz adiantou para a Página do CAIC que na próxima etapa deste trabalho,  os estudantes farão um diário de bordo. Eles escolherão um país da América que gostariam de visitar e pesquisarão não só a localização geográfica, mas questões políticas e culturais sobre o país escolhido.

Parabéns professora Marilene Cruz por este trabalho que inspirou os alunos deixando-os ainda mais fascinados com a Geografia!

Autor: Patricia Molina Treufeldt | Fonte: Marilene Cruz
00068612.jpg
mari
1/12