Brincar: direito da criança

    Publicado por:  Cristiane Fonseca

O momento da integração do CMEI foi marcado pela alegria de explorar e experimentar. Os bebês, as crianças bem pequenas e crianças pequenas foram conhecendo os diferentes espaços organizados para recebê-los e escolhiam o que despertava seu interesse.

Na última quarta-feira, caixas de papelão foram transformadas pelas crianças em carrinhos, casinhas e naves espaciais.  Um grande pano estendido na grama foi o espaço preparado para a leitura. O solário foi modificado com elástico na brincadeira “cama de gato”. No “salão de beleza” a imaginação de algumas crianças rendiam produções para festas, outras mostravam como os adultos arrumam o cabelo.

Os bebês desfrutaram da caixa de areia da unidade e da casinha, compartilharam brinquedos e experiências com outras crianças. Victor do Pré I brincou muito na caixa de areia com seu irmão Theo e o apresentava para seus colegas. Nas brincadeiras as crianças compartilham sentimentos e emoções.  É brincando que elas vão descobrindo o mundo, se comunicam e se inserem em determinado contexto.

Autor: Krasinski, CMEI | Fonte: Cristiane Fonseca
00241404.jpg
integração
1/10