Bolo de maracujá

    Publicado por:  Carla Hoffmann Dias

CMEI Moradias Gramados, que encanta pelo espaço externo, proporcionando esperiências e descobertas para nossas crianças... Nosso pomar, podemos dizer sim pomar, pois temos várias árvores frutíferas e outras plantas que não são árvores, mas dão flores e frutos, como o pé de  maracujá,  despertando a imaginação e curiosidade das crianças, cuidados, colheita dos frutos e preparação de sucos.

Rafael: “Será que dá pra fazer um bolo de maracujá, professora?”

Professora: “Hummm! Sim Rafael, podemos fazer um bolo de maracujá!”

Chegou o grande dia: fazer o bolo de maracujá que o Rafael  sugeriu. Quebrar os ovos, mesmo que caíssem fora do copo, pois faz parte da experiência,  não dá para fazer omelete sem quebrar ovos, assim como não dá para fazer bolo sem quebrá-los, uma baguncinha básica, que traz risos e espanto.

Desafiamos descobrir qual forma utilizaríamos para assar o bolo. Três formas de tamanhos diferentes, as crianças levantaram hipóteses: poderiam usar duas formas para toda a massa ou usar a forma maior.

Ao final, realizamos um delicioso piquenique em nosso maravilhoso espaço, experiência que as crianças vão levar pra vida.

 

Autor: Professoras Ana Lucia e Silmara | Fonte: Pré II
00348461.jpg
Bolo de maracujá
1/10