Bibliotecas Escolares do NRE Boa Vista apresentam seus trabalhos no evento II Letras na Rede - Ideias que transformam

    Publicado por:  Paulo Henrique Machado

 

Secretaria Municipal da Educação de Curitiba (SME), por meio da Rede Municipal de Bibliotecas Escolares (RMBE), promoveu nos dias 17 e 18 de novembro, o evento "II Letras na Rede -  Ideias que transformam", proporcionando a troca de experiências e a socialização de conhecimentos construídos sobre a atuação dos profissionais das Bibliotecas Escolares e Faróis do Saber. 

O evento, que aconteceu no Centro de Formação Continuada da SME, objetivou, por meio da exposição de trabalhos e relatos das ações culturais realizadas no decorrer do ano de 2014 nas Bibliotecas e Faróis, estimular o desenvolvimento de práticas inovadoras voltadas à literatura e formação de leitores, buscando a excelência na qualidade de ensino da Rede Municipal da Educação.

 


Na abertura do evento, realizou-se a palestra “Leitura Literária – Promoção e Formação do Mediador”, com a escritora Cléo Busatto e momento cultural com a apresentação da dupla “Duo no Plural”. No segundo dia, o músico curitibano Lydio Roberto apresentou a palestra “Cultura Paranaense – Cantos e Contos”.

 

Participaram do II Letras na Rede os profissionais da educação, funcionários e estagiários que atuam nas bibliotecas e faróis do saber, gestores da informação, bibliotecárias e comunidade.



O NRE Boa Vista no evento...

 

Apresentação de ação cultural: 

EM CEI Bela Vista do Paraíso (Farol do Saber Gilberto Freyre)

 

A agente de leitura Mair de Oliveira Soares, apresentou a peça “A menina e o pássaro encantado”, baseada na obra de Rubem Alves, que aborda a separação, a ausência e de como seria bom se não houvesse despedidas.

 

Exposições: 

 

EM Anísio Teixeira (Farol do Saber Telêmaco Borba)

 

A exposição “Oficina de poesia minimalista e declamação de poesias” reuniu os diversos trabalhos e conteúdos oriundos do aprendizado adquirido pelos estudantes no Farol e em sala de aula, sobre o gênero literário Poesia.

As agentes de leitura construíram um "Varal de Poesias" para exposição das atividades desenvolvidas pelos estudantes. Foram realizadas leituras compartilhadas, releituras dos textos por meio de ilustrações, exposições de livros de poesia, contações de histórias e recitais de poesias.

As poetisas catarinenses Anair Weirich e Marilda Confortin realizaram visita à Escola e ministraram oficinas e recitais de poesia para os estudantes dos terceiros e quintos anos.

 

EM Araucária (Farol do Saber Heitor Stockler de França)

 

No Farol do Saber, desenvolveu-se o projeto “Biblioteca, lugar de encanto e magia”, onde aconteceram momentos de contação de histórias com a utilização de cenários ambientados, dos quais destacaram-se: a “Savana Africana”, “Uma Aventura no Espaço Sideral” e a “Cultura Japonesa”.

 

EM Bela Vista do Paraíso (Farol do Saber Gilberto Freyre)

 

Os estudantes da Educação de Jovens e Adultos (EJA) possuem muitas particularidades, sendo um dos aspectos mais relevantes as suas experiências de letramento. O projeto “A EJA no Farol e o Farol na EJA” apresentou assuntos do interesse e do cotidiano dos mesmos, como exemplo: Aposentadoria, Profissões, História da Cidade de Curitiba, Copa do Mundo, Brasil de Todos Nós, Saúde Mental, Alimentação Saudável, Receitas Especiais, Oficina de Pães e Sanduíches Criativos, Café Colonial do Dia dos Avós, O Folclore, até a escrita de cartas para entes queridos.

 

EM Julia Amaral Di Lenna (Biblioteca Escolar Cleia Rita Richter)

 

Os momentos culturais realizados na biblioteca - apresentados por meio da exposição de fotografias -, consistiram em ações com o intuito de oferecer às crianças a fruição da arte e da literatura, o interesse pela leitura literária e a ampliação do repertório cultural.

O espaço da biblioteca recebeu ambientação temática, com objetos decorativos relacionados às crianças e à literatura trabalhada, oferecendo um ambiente aconchegante. Também foram utilizados vídeos, jogos, obras de arte, atividades recreativas, entre outros recursos.

 

EM Tanira Regina Schmidt (Biblioteca Escolar José Richa)

 

O projeto “Cantação de histórias: Caixinha de Música”, por meio do entrelaçamento dos elementos da linguagem musical com a literatura,  possibilitou momentos de criação literária e musical a partir das diferentes atividades que envolvem os sons, procurando contemplar o uso da voz, de instrumentos e do corpo.

Para o desenvolvimento do projeto, foram utilizadas músicas dos artistas paranaenses Mara Fontoura (“A lição”), Rosy Greca (“Pra começar”) e Margaret Trelha (“Curitiba eu canto pra você”), e poemas de Dalton Trevisan, Helena Kolody, Paulo Leminski, entre outros.

 

 

Autor: NRE Boa Vista | Fonte: NRE Boa Vista
00053794.jpg
II Letras na Rede - Ideias que transformam
1/13