Berçário I - Brincar com alegria e cuidado.

    Publicado por:  Cybelle Andriolli Pereira Buhler

            Os estudos das professoras do CMEI Conselheiro Quielse são realizados em suas permanências, são momentos importantes no trabalho pedagógico, pois a reflexão sobre o que é importante para os bebês, sobre o que eles nesta fase precisam de estímulos para que consigam superar as suas dificuldades e limitações  aprendendo novas possibilidades na realização das atividades motoras, no desenvolvimento linguístico e relacional com outros bebês e crianças de diferentes faixas etárias.

O estudo sobre a construção de ambientes de convivência e aprendizagem nas instituições de educação  infantil, texto que foi recomendado no blog: https://gestaoescolar.org.br/conteudo/1604/voce-conhece-os-livros-e-os-materiais-disponiveis-na-escola

                                                  " Recentemente, tive acesso a uma obra que chegou às escolas públicas através do Programa Nacional Biblioteca                                                                                   da Escola (PNBE), em 2013-2014, chamada O trabalho do professor na Educação Infantil. O livro, organizado                                     por Zilma  Ramos Oliveira, tem textos muito preciosos sobre o histórico dessa etapa e oferece exemplos e  sugestões bem claras de currículos elaborados para os pequenos. O capítulo “A construção de ambientes de   convivência e aprendizagem nas instituições de Educação Infantil”. 

Por exemplo, foca nosso olhar para os ambientes da escola e no quanto privilegiamos ou não o brincar.

                                                                   Essa obra é o tipo de leitura que situa o profissional que atua no segmento e que pode ser utilizada para qualificar o fazer pedagógico na sala de aula".

            É um material que ajuda a ampliar nossas possibilidades e faz com que todas as novidades que desenvolvemos em nossas salas de berçários sejam alicerçadas não apenas em um "achismo", mas em um pressuposto teórico que atende primeiro as necessidades dos bebês, segundo a nossa proposta pedagógica e sem dúvida a o que a comunidade espera de todas nós em nossa prática.

Assim, vemos a sala do Berçário I com a divisão de atividades em pequenos grupos o que facilitam o  atendimento das crianças e as brincadeiras e a utilização dos  brinquedos que as professoras construíram.

          O resultado são crianças que estão engatinhando e explorando os diferentes materiais e espaços.

Autor: Conselheiro Quielse C. da Silva, CMEI | Fonte: Cybelle Andriolli