Aula no Laboratório de Ciências - 2º anos

    Publicado por:  Maria Eliza Fernandes da Silva

A professora Ecleia e a professora Elizabete mediaram o ensino de ciências na sala do laboratório da escola Rejane Sachette na última sexta-feira. Mas, os protagonistas mesmos, foram os estudantes dos 2° anos.

"Organizamos vários cantos para as experimentações e circulação dos estudantes, mantendo o protocolo e higienização: canto para extração da aromatização de alguns chás e temperos; canto da observação de plantas que são utilizadas com tecnologia, resultando em outros produtos como: café, babosa, amora e abacate; canto das diferentes folhas; canto com terra molhada, gravetos e raiz seca; canto das flores: cores, texturas e exuberâncias; canto das sementes: pinos, maçã, abóbora, abacate e outras." (Professoras)

"Quando o mosquito pica a gente e faz bolha dá para passar babosa toda noite que logo some." (Dica da estudante Sofia do 2º ano B)

Pesquisar, explorar e realizar as experimentações fazem parte das práticas das aulas de ciências na escola, o que possibilita aos pequenos desenvolver habilidades e adquirir novos conhecimentos. Aguçar a curiosidade e levá-los a encontrar respostas faz com que eles estejam em permanente exercício de raciocínio.

Hoje não foi diferente, a experiência sobre as características das plantas veio ao encontro dos conhecimentos dos estudantes sobre os desastres que tem ocorrido ao nosso redor como: queimadas, desmatamentos, cortes de árvores centenárias e a mudança do clima pela falta de água que já atinge a todos.

Os estudantes compartilharam que cuidar das plantas é proteger o solo, o ar e principalmente a água, um bem comum que necessita ser preservado. Os estudantes aprenderam que é necessário ter um olhar atento às transformações que estão ocorrendo e que cada um deve fazer a sua parte para que o nosso planeta se torne cada dia mais saudável.

Autor: Ecléia Fabiano | Fonte: Professoras de Ciências: Ecléia e Elizabete
00313811.jpeg
imagens
1/30