Escola Municipal Pilarzinho, Escola Municipal

logo escola

Arte para ser guardada na memória

    Publicado por:  Gustavo Leandro de Siqueira Prestini

      A Arte comumente está ligada a obras guardadas em museus, onde as pessoas vão visitar, revisitar e apreciar as produções feitas por  nomes reconhecidos ou não do mundo cultural.  Mas existe, também, aquela arte que nasce e morre, a expressão passageira das pessoas, que fica guardada na memória. Esta arte efêmera foi trabalhada pela professora de Arte, Analinda Cleto, com os alunos da Escola Municipal Pilarzinho.

      Como material, a professora propôs que as turmas saíssem pela área externa da escola para procurar qualquer coisa que pudesse ser transformada em uma produção, e a partir daí galhos, folhas, e material reciclável foram se transformando no que a criatividade dos alunos criava.  

      Para o aluno William Matheus Lima Cordeiro, do 5º ano, a experiência “foi super legal, pois conseguimos construir imagens com coisas que achamos pelo chão. O meu grupo fez uma árvore com um ninho de pássaro”, afirma.

Autor: Gustavo L. de S. Prestini | Fonte: Pilarzinho, EM
00204393.jpg
Arte para ser guardada na memória
1/8