10/08 - Dia Internacional da Superdotação

    Publicado por:  Amanda Cavichiolo

Você sabe o que é Altas habilidades/superdotação?

A Política Nacional de Educação Especial, de 1994, apresentou pela primeira vez o conceito de altas habilidades ou superdotação. Logo após a sua publicação, o Brasil se tornou signatário da Declaração de Salamanca (Unesco, 1994) que incluía os alunos superdotados entre o público a ser beneficiado pelas políticas públicas da educação inclusiva. Segundo a mesma Política, estudantes com comportamento de altas habilidades /superdotação:

Demonstram potencial elevado em qualquer uma das seguintes áreas, isoladas ou combinadas: intelectual, acadêmica, liderança, psicomotricidade e artes, além de apresentar grande criatividade, envolvimento na aprendizagem e realização de tarefas em áreas de seu interesse.” (Política Nacional (BRASIL, 2008, p. 09)

OLHA SÓ QUE INTERESSANTE:

Estudos com base em dados estatísticos (por exemplo, Marland, 1972) mostram que uma faixa de 1 a 3 % da população de estudantes apresenta altas habilidades ou superdotação intelectual ou acadêmica, podendo se expandir até 13% (Renzulli, 2014), se considerarmos as outras áreas, onde se encontram atletas, artistas, líderes, criativos, e os de sensibilidade mais acentuada. (Http://portal.mec.gov.br/docman/novembro-2022-pdf-1/242321-anexo-diretriz-altas-habilidades-ou-superdotacao-1/file)

Existe uma grande parcela de pessoas com estas características no Brasil, mas para realizar este mapeamento é necessário que políticas públicas sejam implementadas. Em Curitiba o programa existe desde 2006 e foi ampliado em 2022 com a intencionalidade de identificar os estudantes matriculados na Rede e garantir os direitos deste público que está amparado pela legislação. Eles recebem Atendimento Educacional Especializado (AEE) em Sala de Recursos de Altas habilidades/superdotação no Centros Municipais de Atendimento Educacional especializado (CMAEE).

A proposta deste atendimento é fundamentado em princípios que embasam a educação inclusiva e objetivam o pleno desenvolvimento das potencialidades destes estudantes através do enriquecimento curricular. O CMAEE Branca Casabranca Sabbag, instalado na Regional Tatuquara atualmente atende 40 estudantes do período da manhã e da tarde. Ele é um dos 10 situados nas regionais de Curitiba.

Curiosidades

Não existe um diagnóstico para verificar se a pessoa tem ou não altas habilidades/superdotação. Existem testes psicométricos específicos e também um processo multidimensional de identificação apontada pela equipe docente que se inicia na escola e tem continuidade durante os atendimentos, na sala de recursos para AH/SD, com a professora especialista que desenvolve múltiplas atividades exploratórias para investigar e estimular as habilidades de cada estudante. No AEE os estudantes recebem a suplementação de necessidades, interesses e são estimulados para compreender e desenvolver suas habilidades. Em consonância com a legislação federal, as Diretrizes da inclusão e educação especial de Curitiba: Diálogos com a BNCC, orienta que a oferta do AEE nas Salas de Recursos para Altas Habilidades/Superdotação desenvolva atividades exploratórias gerais de aprendizagem e projetos individuais ou em grupo, tendo como base a Teoria dos três anéis de Joseph Renzulli, pesquisador da Universidade de Connecticut, que define as principais características de um a pessoas com características de AH/SD: habilidade acima da média em alguma área de conhecimento, alto envolvimento com determinada tarefa e alto nível de criatividade.

Bryan, Davi e Maria Luíza recebem atendimento no CMAEE Tatuquara e relatam sobre as experiências que vivenciam:

“Estar na sala de recursos nos ajuda a aprender coisas novas, aprimorar o conhecimento sobre várias áreas e fazer amizades, pois temos aprendido nestes momentos que não se trata de ser o amigo que se quer e sim ser o amigo que se precisa. Portanto consideramos que temos isto um dos outros durante os atendimentos”.

Autor: Jucélia Siqueira | Fonte: CMAEE Branca Casagrande Sabbag
00430548.jpg
Sala de Recursos AH/Superdotação
1/5