Semana Paulo Freire discute obra e legado do patrono da educação brasileira

    Publicado por:  Claudia Pereira Muniz

Na manhã segunda-feira (13/9), a Secretaria Municipal da Educação (SME), realizou a abertura da Semana Paulo Freire, que vai de 13 a 17 de setembro e visa fomentar discussões e disseminar o conhecimento sobre a obra e o legado do filósofo Paulo Freire, patrono da educação brasileira.

Às vésperas da celebração do centenário de nascimento de Paulo Freire, em 19 de setembro, a Semana promove releituras e retomadas dos princípios propostos por este importante educador. 

Na abertura do evento, a Secretária Municipal da Educação, Maria Sílvia Bacila, destacou a importância de a SME proporcionar este momento de reflexão sobre os princípios freireanos. O evento coincide com o período em que todas as unidades da SME se preparam para atualizar seus Projetos Políticos Pedagógicos (PPPs).

“Convido a todos(as) a fazer uma releitura de todas as andanças que já fizemos pelas obras de Paulo Freire e que a possamos nos revisitar naquilo que já conhecemos. Temos um grande trabalho coletivo a ser feito, em todas as ações que nos identificam como Cidade Educadora”, destacou a Secretária.

Durante a Semana, várias ações serão ofertadas nas plataformas virtuais aos participantes, como palestras, vídeos, encaminhamentos metodológicos e textos, possibilitando a garantia de participação de todos(as) os(as) interessados(as).

Entre os temas desenvolvidos, estão o Acompanhamento Pedagógico, Educação Infantil,  Ensino Fundamental, Inovação, Sala de recursos, Robótica e linguagem de programação, Aprendizagem Criativa, Base Nacional Comum Curricular (BNCC), Currículo, Gestão Escolar, Tecnologia, Desenvolvimento Profissional e Pessoal, Educação ambiental, Ensino de Jovens e Adolescentes (EJA), Equidade, Cidades Educadoras, Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), Inclusão e Atendimento Educacional Especializado, Linhas do Conhecimento, entre outros.

Ensinar para a vida

Na abertura do evento, a palestra da professora doutora Marilda Aparecida Behrens, que conviveu com Paulo Freire durante seu mestrado e doutorado em Educação nos anos 1990, lembrou que o pensamento freiriano influencia a Educação no mundo todo e que, aplicar suas propostas em sua totalidade nas instituições de ensino, segue como desafio a ser completado.

“Em sua obra há uma riqueza de detalhes que ainda não conseguimos atender em sua totalidade. Fico feliz que a Prefeitura de Curitiba, por meio da Secretaria Municipal da Educação, realmente acolha suas propostas, de tamanha significância”, destacou a professora.

Entre as premissas do filósofo pernambucano para a Educação, Marilda lembrou a reflexão sobre o ensino com foco apenas na reprodução do conhecimento, em que o professor seria o detentor do conhecimento e o estudante, mero receptor das informações.

Essa modalidade, explica, perde força no início do Século XX e o desafio atual é superar essa prática pedagógica da memorização e da reprodução do conhecimento. “Freire defendia que as escolas precisam ensinar para a vida e não para fazer prova”, disse a professora.

Participação

Para participar das atividades da Semana Paulo Freire da Secretaria Municipal da Educacação, os interessados podem se inscrever pelo Portal Aprendere, pelo link: https://aprendere.curitiba.pr.gov.br/

São 17 mil vagas, distribuídas em dez turmas para a participação nos eventos. O acesso dos participantes será pelo banner específico do evento, no site da SME,  pelo link:  https://educacao.curitiba.pr.gov.br/

Autor: SME | Fonte: SME