Estudantes do 6º ao 9º ano da rede municipal terão programação exclusiva

    Publicado por:  Maria Duarte

A partir do próximo dia 12, os estudantes da rede municipal de ensino de turmas do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental terão videoaulas na TV Escola Curitiba com programação exclusiva, produzidas pelas equipes da Secretaria Municipal da Educação.

As videoaulas abordam diversos projetos desenvolvidos para os anos finais do Ensino Fundamental, como economia doméstica (projeto Mãos na Massa), Língua Estrangeira, Embaixadores do Futuro, Grêmio Estudantil, entre outros (veja grade abaixo).

As propostas para esse público vão ao ar na TV Evangelizar (16.4) e ficarão também disponíveis no canal da TV Escola Curitiba no YouTube.

A secretária municipal da Educação, Maria Sílvia Bacila, destaca que as videoaulas do 6º ao 9º vão enriquecer as opções para esses estudantes enquanto houver a necessidade de ensino remoto devido à pandemia da Covid-19, mas os estudantes deverão seguir acompanhando os conteúdos regulares do currículo para esse público, veiculados por meio da Aula Paraná, do Governo do Estado (canais 7.2, 7.3 e 7.4).

O projeto Mãos na Massa: economia doméstica para os estudantes da rede municipal de ensino é um dos destaques da programação, e já terá aulas na segunda-feira (12/4).

A secretária explica que a iniciativa é resultado do intercâmbio pedagógico que os profissionais da rede municipal de ensino fizeram na Finlândia, em 2019.

“Nas escolas finlandesas eles têm cozinhas e ateliês de costura equipados, é o que estamos fazendo em nossas escolas. Implementar a ideia em nossas unidades era um sonho antigo do prefeito, que agora está se realizando”, pontuou Maria Sílvia.

“Investimos nas unidades para trabalhar com esta iniciativa interdisciplinar, que traz nossa sustentabilidade como seres humanos. Aliada a todas as áreas de ensino, que estarão integradas, isso será possível em nossas escolas. A sustentabilidade começa em nós, com nossa relação com as pessoas, com o ambiente”, comentou a secretária.

A superintendente de Gestão Educacional, Andressa Pereira, destacou que 14 professores já participam de formação voltada a esse projeto.

O investimento é de R$ 37,3 mil por unidade que recebe o projeto, para viabilizar os espaços maker (faça você mesmo) com propostas de vivências do cotidiano e atividades manuais, que envolvem culinária e costura, de maneira articulada com conteúdos curriculares, como matemática e ciências, por exemplo.

Outra novidade na tevê será o projeto Embaixadores do Futuro, que apresenta aos estudantes as atividades consulares e a diplomacia como maneiras de ampliar os horizontes dos estudantes de 6º ao 9º ano.

O Embaixadores foi proposto pela Assessoria de Relações Internacionais da Prefeitura e é executado por meio do Linhas do Conhecimento.

Grade horária:

Segunda-feira: Língua Portuguesa, Robótica, Economia Doméstica

Terça-feira: Matemática, Embaixadores do Futuro e Família e Direitos Humanos

Quarta-feira: Língua Portuguesa, Linhas do Conhecimento, CuriTEENbinhas poliglotas

Quinta-feira: Matemáticas, Práticas Educativas em Tempo Ampliado, Grêmio Estudantil

Sexta-feira: Adequação Pedagógica, Literatura e Projetos da Escola

Autor: SME | Fonte: SME